Michael Rogers: se aposenta uma estrela

Saiba como!

Depois de 16 anos de carreira para Michael Rogers.

O australiano de 36 anos sempre foi um dos homens fortes do pelotão profissional, ainda júnior foi campeão na pista em várias provas.

Em 1999 foi vice-campeão e em 2000 terceiro no Mundial de crono sub-23.

Rogers profissionalizou-se, em 2001, pela QuickStep onde correu por cinco anos.

Profissionalmente foi 3 vezes campeão de contra-relógio em 2003, 2004 e 2005, venceu etapas do Tour e Giro, representou a Austrália em quatro Jogos Olímpicos e foi campeão geral em várias provas por etapa, sendo a mais atual a Volta a Andalucia a qual venceu em 2010.

Em 2014 teve um ano espetacular vencendo dois estágios do Giro da Itália e um estágio do Tour de France.

Michael Rogers disputaria em 2016 seu 13o. Tour de France e seria figura importante no apoio a Alberto Contador.

A aposentadoria forçada acontece porque em 2001 foi detectado um problema congênito na aorta que não evoluiu, porém exames feitos antes do Tour Down Under, em janeiro (2016), detectaram uma arritmia cardíaca que somando-se ao diagnóstico de 2001 fez com que tomasse a decisão. Ele ainda alinhou e largou, em fevereiro, para o Tour de Dubai, mas saiu na terceira etapa da prova.

Veja a ficha técnica completa do garoto clicando aqui.


Foto: Vitória no Tour de France 2014, etapa 16.

[sgmb id=”1″]

Comentários

Be the first to comment

Deixe uma resposta