Conheça algumas curiosidades do Giro d’Italia

Saiba como!

A primeira edição do Giro d’Italia foi realizada em 1909 na cidade de Milão. Foram percorridos 2448Km, em apenas 8 etapas, e foi vencida pelo italiano Luigi Ganna

Maiores vencedores

Alfredo Binda – 5 vezes

Fausto Coppi – 5 vezes

Eddy Merckxx – 5 vezes

Gírias Italianas

Traguardo: Chegada;
Diletanti: Atleta que ainda não se profissionalizou;
Fuoriclasse: Ao pé da letra significa “fora de classe”, seria um atleta de altíssimo nível, um craque;
Miraglia: O carro de apoio da equipe;
Battistrada: Atleta ou grupo de atletas que está na frente e ditam o ritmo à corrida;
Veta: Cume da Montanha;
GPM (Gran Premio della montagna): trecho de subida onde é feita tomada de tempo para pontuação do melhor escalador;
O GPM possui cinco níveis de dificuldade:

  •  Quarta categoria
  •  Terza categoria
  •  Seconda Categoria
  • Prima Categoria
  • Cima Coppi

Maglia/Camisa

giro-d-italia-maglie-leader
Maglia Rosa – “Camisa Rosa” usada pelo líder da classificação por tempo.

giro-jerseys-jersey

Maglia Azzurra – “Camisa Azul” usada pelo líder da classificação de montanha.

vermelha

Maglia Rossa – “Camisa Vermelha” – usada pelo líder da classificação de sprints.

branca

Maglia Bianca – “Camisa Branca” – usada pelo melhor atleta na classificação por tempo até 25 anos.

Curiosidade

Mas por que Maglia Rosa?

Criado em 1909, o Giro D’Itália foi proposto pela principal publicação esportiva italiana, a Gazzetta Dello Sport. Tradicionalmente impresso em papel cor de rosa, o jornal usou a cor para unir as duas coisas, fomentando o ciclismo e aumentando a circulação do noticiário pelo país.

La copertina della gazzetta del 23 maggio 1913
Jornal Gazzetta dello Sport. 1913.

Antigamente existia a Maglia Nera “camisa preta”, ela era usada pelo último colocado na somatória de tempo. Contam as histórias que ela foi retirada porque muitos atletas trapaceavam se escondendo propositalmente para chegar em último lugar.

De uma forma ou outra, utilizar a maglia negra dava mais reconhecimento do que não usar camisa nenhuma.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dureza das etapas

O Giro é conhecido por obrigar os atletas a passarem por algumas das etapas mais duras da temporada. Em 2011 a etapa rainha (a mais dura da competição) foi feita pelos organizadores visando selecionar os melhores escaladores, e com quase 6 mil metros de desnível acumulado foi considerada uma das etapas mais duras da história. Foi pensada para ser percorrida com clima ameno e sem chuva, mas na verdade aconteceu com vento, frio e chuva, fazendo com que ocorresse a desistência de vários ciclistas, e onde até mesmo o líder Alberto Contador sofreu naquele dia para terminar. A etapa foi vencida pela fuga do atleta basco Mikel Nieve em quase 7 horas e meia, ele na época corria pela extinta Euskatel-Euskadi e hoje integra o esquadrão do Team Sky, sendo um dos principais gregários de Cris Froome.

Veja vídeo dessa etapa brutal:

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta