Giro d’Itália: Nieve vence e Amador faz história!

Saiba como!

O ritmo imposto pelas equipes no início da 13a etapa do Giro não era forte como já era previsto, até porque teremos alguns dias muito duros pela frente, e logo uma grande fuga se formou, dando a chance que Mikel Nieve (Team Sky) queria para começar a salvar a prova da equipe depois que seu líder, Mikel Landa, abandonou a prova.

Nieve, que venceu uma etapa do Giro há 5 anos, estava na fuga matinal e na penultima subida do dia forçou o ritmo sendo seguido apenas por Joe Dombrowski (Cannondale). O jovem norte-americano não durou muito tempo, sendo incapaz de segurar o ritmo imposto pelo espanhol que seguiu sozinho, faltando ainda 35 km para o final.

Nieve cruzou a linha sozinho 43 seg. antes de Visconti (Movistar) que vinha tentando tirar a diferença sem sucesso.

O Pódio:

Como andaram os favoritos

O pelotão vinha compacto até a entrada da penultima subida do dia quando a Astana resolveu trabalhar. Scarponi assumiu a ponta do grupo e colocou um ritmo frenético fazendo com que logo só restassem os favoritos (Valverde, Nibali, Sanches, Kruijswijk, Jungels, Uran, Hesjedal, Majka, Zakarin) e alguns outros escaladores. Jungels apesar de ficar na parte de trás do grupo terminou junto a escalada e começaram a descer.

Na descida Amador tentou escapar, mas foi seguindo por Nibali, o ritmo era intenso e logo começaram a pegar os últimos integrantes da fuga, incluindo Diego Ulissi (Lampre-Merida) atleta muito perigoso e que está em décimo lugar na geral.

Entrando na última subida, uma subida de categoria 2, Esteban Chaves (Orica-GreenEdge), oitavo geral, deu o primeiro ataque, respondido rapidamente pelos outros ciclistas…a essa altura, faltando pouco mais de 17 km pro final, Jungels começou a dar sinal de que não suportaria o ritmo imposto e começou a sobrar. Na sequencia Valverde apertou e, assim que diminuiu um pouco, Nibali atacou. Essas hostilidade fizeram com que vários ciclistas ficassem pelo caminho, incluindo Rigberto Uran (Cannondale), Ilnur Zakarin (Katusha), Amador e Domenico Pozzovivo (AG2R-La Mondiale).

Atrás um Jungels com raça tentava voltar e trazia com ele Ryder Hesjedal (Trek-Segafredo) e Darwin Atapuma (BMC), mas na frente as coisas ainda ferviam. Nibali novamente ataca e Zakarin, que havia retornado, sobra novamente, assim como Amador.

Pouco antes de começar a descida Zakarin recuperou contato, enquanto Amador fazia de tudo para reagrupar o que só aconteceu pouco antes de entrar no plano final de 7Km. 

Jungels vinha como louco na descida, em uma tentativa desesperada de não perder a Maglia Rosa para Amador, mas a diferença, a essa altura, era de praticamente 1 min e, apesar de contar com a ajuda de Bambrilla, na frente o grupo também se organizava minimamente para não deixar a diferença cair. 

No final o grupo dos favoritos chegou a 1min17seg do vencedor e Jungles a 2min07.

Veja o Strava do atleta da Lotto Jumbo, Steven Kruijswijk que está em quinto na geral.

stage13

Amador faz história para a Costa Rica

Amador
Andrey Amador

Andrey Amador (Movistar) conseguiu entrar para a história ao terminar em segundo a etapa de hoje deixando Bob Jungels (Etixx-QuickStep), o então líder da prova, para trás. Amador chegou a sobrar, assim como Jungles, na última subida, mas conseguiu retornar ao pelotão dos favoritos e cruzar 50 seg. na frende do ciclista da Etixx. Na soma dos tempos, Amador assumiu o primeiro lugar geral e se tornou o primeiro ciclista da America Central a estar em primeiro na geral de um Grande Tour, que é como são chamadas as 3 grandes voltas (Giro d’Itália, Tour de France e Vuelta da Espanha).

A alegria de todos os costarriquenhos é grande, mas ele dificilmente seguirá com a Maglia Rosa por muito tempo. Amador, no Giro d’Itália, “trabalha” para o espanhol Alejandro Valverde que hoje ocupa o quarto lugar na classificação geral. 

Classificação da etapa:

1. es
NIEVE Mikel
Team Sky
04:31:49
2. it
VISCONTI Giovanni
Movistar Team
0:43
3. it
NIBALI Vincenzo
Astana Pro Team
1:17
4. es
VALVERDE Alejandro
Movistar Team
5. pl
MAJKA Rafał
Tinkoff

Classificação geral:

1. cr
AMADOR Andrey
Movistar Team
54:05:50
2. lu
JUNGELS Bob
Etixx – Quick Step
0:26
3. it
NIBALI Vincenzo
Astana Pro Team
0:41
4. es
VALVERDE Alejandro
Movistar Team
0:43
5. nl
KRUIJSWIJK Steven
Team LottoNL – Jumbo

Veja a classificação completa aqui.

Amanhã uma das etapas mais temidas do Giro 2016, a 14a etapa possui 6 montanhas categorizadas, sendo três de nível 2, duas de nível 1 e uma de nível 3.

Veja aqui nossa análise das 11 últimas etapas.
Veja aqui os principais favoritos para vencer o Giro.
Assista o Giro online.

É esperar pra ver!

Veja abaixo os melhores momentos, entrevistas e fotos da etapa

Melhores momentos:

Valverde após a etapa:

Esteban Chaves após a etapa:

Amador após a etapa:

Fotos da etapa:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta