Tour de France: Cavendish vence sexta etapa, Avermaet segue líder

Saiba como!

Com tantas vitórias em sua carreira, Mark Cavendish (Dimension Data) nunca havia vencido tantas etapas em uma primeira semana do Tour, agora são três vitórias em seis dias de prova, um feito considerável. O velocista britânico veio na roda de Marcel Kittel (Etixx-QuickStep) e acelerou forte rumo a vitória. Ele atinge a marca histórica de 29 vitórias na prova!

Daniel Mclay (Fortuneo-Vital Concept) ficou na terceira colocação e já está sendo considerado uma revelação nos sprints desse Tour, o ciclista britânico chegou entre os dez em todos as chegadas com sprint até aqui e começa a chamar a atenção dos grandes times.

Greg Van Avermaet (BMC) aproveitou seu dia como líder a equipe BMC teve pouco trabalho na etapa, pois com tantas equipes querendo levar a etapa para o sprint, o time do líder foi beneficiado por ter Lotto-Soudal, Etixx e Direct-Energie pegando a ponta durante todo o dia.

sptdw2099_670
Dia relativamente tranquilo para o líder, com sua equipe BMC mantendo-o protegido (Getty).

Como a etapa se desenvolveu

Hoje foi uma etapa bastante calma, apesar de todas as previsões de que hoje muitos atletas tentariam sair em uma fuga, mas, pelo contrário, apenas 2 ciclistas se dispuseram a sair na fuga. Isso pode ser explicado pela etapa dura e com alta média horária que os ciclistas enfrentaram ontem, aliado aos mais de mil km de competição que já aconteceram, e além disso, amanhã os ciclistas chegam nos temidos Pirineus, cadeia de montanhas na divisa entre a França e a Espanha que promete chacoalhar a classificação geral e será um divisor de águas na prova.

A fuga do dia contavam com o japonês Yukiya Arashiro (Lampre-Merida) e Jan Barta (Bora-Argon 18). Arashiro é um dos únicos ciclistas japoneses a ter terminado um Tour de France, ao lado de Fumiuki Beppu, os dois realizaram a façanha ainda no ano de 2009, antes deles nenhum atleta daquele país havia finalizado a prova. Jan Barta é especialista em provas de contra-relógio e foi quatro vezes campeão nessa especialidade em seu país, a República Tcheca.

sptdw2103_670
A fuga do dia: Yukiya Arashiro (Lampre-Merida) e Jan Barta (Bora-Argon 18) (Tim De Waele).

A fuga chegou a abrir cinco minutos, mas as equipes dos sprinters e o time do líder, BMC, aceleraram o passo a fim de levar a etapa para o sprint. No final a Etixx conseguiu se armar na ponta com muita dificuldade, mas foi o argentino Ariel Richeze, companheiro de Kittel que lançou o sprint, Kittel estava mal posicionado, a veio lá de trás, e ao passar Cavendish, este veio em sua roda, sendo beneficiado e levando à vitória.

Kittel reclamou mais tarde, que a organização do Tour deveria organizar chegadas em ruas mais amplas e menos perigosas, pois assim seria mais seguro e fácil de controlar a ponta do pelotão com bons passistas. Segundo ele afirmou, do jeito que está acontecendo, ciclistas sem equipe de embaladores possam ser beneficiados apenas por estar na frente do grupo, o que em um primeiro momento pareceu uma crítica a Mark Cavendish e sua equipe, Dimension Data.

Outra discussão está em torno da crise que vive a equipe Tinkoff-Saxo Bank. Alberto Contador ainda não se recuperou do tombo na primeira etapa (e que tombo!) e ontem foi deixado para trás por seu gregário, Romain Kreuziger.

Contador diz que Kreuziger não obedeceu às ordens da equipe

Deixando de lado as brigas, não perca a etapa de amanhã, a primeira nos famosos Pirineus.

Confira os melhores momentos da etapa de hoje:

Confira também as imagens da câmera embarcada:

Mais imagens da etapa:

Este slideshow necessita de JavaScript.

(Imagens: Getty Images/Tim De Waele/Bettini Photo)

Veja tudo sobre as etapas aqui.

Comentários

Be the first to comment

Deixe uma resposta