Tour de France: Bardet vence escapado no Mont Blanc, Froome cai mas segue líder

As últimas etapas de todo Gran Tour sempre prometem muitas surpresas, com atletas cansados e etapas monstruosas, a chance de acontecer uma reviravolta na classificação geral é grande. Hoje não foi diferente, na última etapa com chegada ao alto, o mítico Mont Blanc já oferecia um grande desafio para os ciclistas, mas com a adição da chuva, tudo ficou mais imprevisível.

Clique para contribuir!

A primeira vitória francesa desta edição do Tour veio com o fortíssimo Romain Bardet (Ag2r La Mondiale), ele atacou antes mesmo de iniciar a subida do Mont Blanc, em um trecho rápido e se uniu a seu gregário e amigo de treinos em altitude Mikael Cherrel. Poucos instantes após o ataque de Bardet, o líder Chris Froome (Sky) caiu numa curva molhada, mas levantou rapidamente e pegou a bike do Geraint Thomas emprestada e seguiu em frente, ao final, apesar de chegar todo ralado, ele foi capaz de manter a liderança.

O vice-líder Bauke Molema (Trek-Segafredo) também caiu e lutou muito para terminar a etapa, acabou saindo da segunda para a décima colocação na geral, uma pena para o atleta que vinha andando muito neste Tour. Já Adam Yates (Orica-BikeExchange) pela primeira vez deu sinais de fraqueza neste Tour, sofreu muito para ficar no grupo da frente no Mont Blanc e acabou sobrando ao final perdendo a terceira colocação para Nairo Quintana (Movistar).

gettyimages_578775494_670
Belíssima vitória de Romain Bardet (Getty).

Como a etapa se desenvolveu

A etapa foi relativamente curta, mas com várias montanhas e com a chuva no final do dia, virou um campo de batalha. O asfalto recém recapeado, justamente visando a passagem da etapa, virou um sabão com a chuva e a quantidade enorme de curvas contribui para várias quedas.

No início do dia, Tom Dumoulin (Giant-Alpecin) caiu feio, e acabou desistindo do Tour, ele se queixava de dores no pulso e braço, onde mais tarde foi confirmada a fratura no braço. Agora ele é dúvida para as Olimpíadas, onde era considerado o favorito para a prova de Contra-relógio.
Veja o momento da queda de Dumoulin:

Mais tarde, na fuga, foi a vez de Pierre Rolland (Cannondale-Drapac) escorregar a roda da frente e cair sobre seu ombro esquerdo, ele liderava a prova junto com o português Rui Costa (Lampre Merida). Richie Porte (BMC) também foi derrubado, quando Steve Morabito e Sebastian Reichenbach (FDJ) caíram em sua frente, causando enorme desespero na equipe BMC, que tem sido afetada pela má sorte neste Tour, dois gregários ajudaram Porte retornar ao grupo, sendo um deles Greg Van Avermaet.

gettyimages_578772770_670
Pierre Rolland caiu feio, mas terminou a etapa (Getty).

Em meio a todo esse caos, Romain Bardet percebeu que os líderes não queriam correr riscos desnecessários, mas se ele corresse, talvez algum fruto poderia ocorrer. Ele atacou e se juntou a Mikael Cherrel, que levou “a fundo” (na gíria do ciclismo), fazendo Bardet encostar no escapado Rui Costa, que estava solitário na dianteira da prova. Mais tarde Bardet despachou Costa nas partes mais duras do Mont Blanc e seguiu firme rumo à primeira vitória francesa neste Tour e a terceira em sua carreira.

gettyimages_578777134_670
O herói do dia e do povo francês: Romain Bardet (Getty).

Vídeos e imagens da etapa

Veja o momento em que Bardet ataca e em seguida Froome cai:

Confira o último quilômetro de Romain Bardet:

Confira os melhores momentos da etapa:

Confira mais imagens da etapa (Getty Images/Tim De Waele/Bettini Photo):

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja tudo sobre as etapas aqui.

Resultados

Comentários

Be the first to comment

Deixe uma resposta