Clássica San Sebastián 2016

Saiba como!

Domingo, dia 31/07/16, Amanhã, dia 30/07/16, acontece a Clássica San Sebastián. A prova é disputada nos arredores do município de San Sebastian que fica situado no norte da Espanha, a 20 km da fronteira com a França. A cidade é a capital da província de Guipúzcoa, na comunidade autônoma do País Basco.

A prova faz parte do calendário da UCI World Tour.

A UCI World Tour é uma competição organizada pela União Ciclística Internacional (UCI). Ela Foi criada por Hein Verbruggen, um dos presidentes da UCI, e é constituída por uma série de provas de ciclismo de estrada e por equipes de ciclismo profissionais, sendo a presença das equipes obrigatória em todas as provas da competição. Esse sistema foi adotado em 2011 e substituiu a UCI ProTour, que terminou no final da temporada de 2010.

A clássica San Sebastian percorrerá 219,2 Km saindo e chegando em Donostia (nome basco da cidade de San Sebastian) e contará com a presença do brasil

 brasileiro Murilo Fischer (FDJ).

Veja a altimetria da prova:

profile

Edição 2015

Adam Yates foi o vencedor da última edição da prova. Ele atacou na subida final, o íngreme Bordako Tontorra, subida de categoria 2, a apenas sete quilômetros da linha de chegada e depois, no plano, conseguiu manter a distância do forte grupo perseguidor que contava com Valverde (Movistar), Gilbert (BMC), Joaquim Rodriguez (Katusha), entre outros. Ao cruzar a linha a comemoração foi de forma inusitada, ele só percebeu que havia vencido após a linha de chegada quando viu um membro do staff da equipe Orica comemorando. Só então ele começou a comemorar a vitória.

Eu não sabia que eu tinha vencido. Estava tentando falar com o diretor esportivo pelo rádio, mas estava difícil escuta-lo. Sinceramente, achei que ainda havia um trecho da prova.

Foi o que disse Yates antes de subir ao pódio.

Incidentes marcaram a prova

Toda confusão na chegada foi causada devido a um problema com o avião que ajuda no trânsito das imagens de televisão ao vivo. As equipes e até mesmo os comentaristas das televisões que acompanhavam a prova foram obrigados a acompanhar tudo o que acontecia pelo rádio oficial da prova.

A edição 2015 também foi marcada por um fato muito lembrado durante o Tour de France quando uma moto da organização ocasionou a queda de Porte, Froome e Mollema, e que fez com que Froome saísse, literalmente, correndo Mont Ventoux acima e depois viesse a receber o mesmo tempo de Mollema (Veja mais sobre isso aqui!): Greg Vermaet que havia atacado, anteriormente a Adam Yates, a subida final, acabou atingido por uma moto da organização da prova e caiu. Adam Yates, que vinha logo atrás, o ultrapassou e venceu (Veja vídeo abaixo).

O belga, depois da prova, descarregou toda sua raiva em sua conta do Twitter:

Greg Van Avermaet
Eu iria ganhar a clássica San Sebastián até que a moto bateu em mim e me jogou no chão. Fim de jogo! Bravo organização, bravo moto!

Van Avermaet não terminou a corrida já que teve sua bicicleta quebrada e também não teve o mesmo tempo do vencedor. (Polêmicas do ciclismo!)

Veja um resumo do que aconteceu:

Edição 2016

A prova esse ano promete ser muito disputada. Adam Yates, que defenderá seu título, vem de uma excelente participação no Tour e teremos, além dele, vários ciclistas que estão em grande forma. A prova, perto dos Jogos Olímpicos, servirá como último desafio antes da prova de estrada do Rio que será duríssima.

Alguns dos principais pilotos que estarão presentes:

Adam Yates (Orica), Alberto Contador (Tinkoff), Valverde (Movistar), Porte, Gilbert e Avermaet (BMC), Landa, Henao e Kwiatkowski (Sky), Dani Martin (Etixx), Purito e Zakarin (Katusha), Kruijswijk e Kelderman (Lotto), Rui Costa (Lampre), Mollema (Trek), Barguil (Giant), Uran (Cannondale), Pantano (IAM), entre outros.

Resultados: http://www.digitalcycling.com.br/2016/07/30/san-sebastian-2016-resultados/

Comentários

Be the first to comment

Deixe uma resposta