Olimpíadas: Specialized apresenta quadro que muda de cor

Saiba como!

Os gregos, há 3.000 anos, tinham o costume de celebrar os eventos esportivos com fogo. Até mesmo hoje, a chama da tocha é um dos símbolos dos Jogos Olímpicos. O ritual foi criado para estabelecer um elo entre os jogos da antiguidade e os jogos contemporâneos. A chama olímpica representa a pureza da eterna juventude olímpica. Serve de elo entre o berço das Olimpíadas na Grécia e as cidades-sede, dos jogos contemporâneos.

Pensando nisso, a Specialized aproveitou a oportunidade e lançou uma ideia genial: uma coleção denominada “Torch” (em portugês, Tocha) que presta homenagem aos deuses do esporte e ao símbolo olímpico. Os quadros S-Works Tarmac, o modelo feminino Amira, e também o de MTB Epic FSR utilizam uma tinta especial que muda de cor (entre laranja e amarelo) com as alterações de temperatura. Já capacetes e sapatilhas possuem, apenas, as cores, sem alteração entre elas, diferente dos quadros. Isso acontece porque a utilização da tinta nessas superfícies prejudicaria a durabilidade desses materiais. Veja alguns exemplos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Abaixo o quadro com a “pintura camaleão”:

Este slideshow necessita de JavaScript.

E aqui Peter Sagan preparando sua bike para viajar ao Rio, onde vai disputar a prova de XCO com sua Specialized Epic FSR:

Este slideshow necessita de JavaScript.

E finalmente o vídeo que mostra a pintura “funcionando”:

Comentários

Be the first to comment

Deixe uma resposta