Vuelta 2016: Geniez vence e Movistar brilha em chegada desumana

Saiba como!

Chegada alucinante da Vuelta nesta segunda feira, onde os ciclistas enfrentaram a absurda subida ao Mirador de Ézaro. Eram apenas dois quilômetros, mas com 14% de inclinação média e picos de 29%! Alexandre Geniez aproveitou a oportunidade de estar na fuga e venceu a etapa que ainda mostrou que a Movistar veio “armada até os dentes” nesta competição. A equipe espanhola destruiu o pelotão na subida final e agora conta com Ruben Fernandez na liderança e Alejandro Valverde em segundo.

Esta foi a segunda vitória de Geniez na Vuelta. Em 2013 ele venceu uma etapa montanhosa, também escapado, mostrando que a FDJ tem tido bons frutos na Vuelta. Amanhã tudo recomeça, com uma etapa complicada, com chegada na montanha, entre Betanzos e San Andre de Teixido, e os favoritos aos título devem vir com tudo, pois a batalha está só começando.

gettyimages_594330402_670
Ruben Fernandez, após um grande trabalho na etapa, é o novo líder da Vuelta (Getty).

Como a etapa se desenvolveu

Um belo dia, com clima perfeito e pouco vento esperava os atletas hoje. O líder Michal Kwiatkowski (Sky) portava a camisa vermelha e parecia tranquilo para enfrentar a primeira chegada com subida da Vuelta, e que subida!

A fuga do dia era  composta por sete ciclistas: Gatis Smukulis e Simon Pellaud (both IAM Cycling), Jerome Cousin (Cofidis) and David Arroyo (Caja Rural), Alexandre Geniez (FDJ), Pieter Serry (Etixx – Quick Step) e Rudiger Selig (Bora-Argon18). Eles chegaram a abrir uma diferença de quase 6 minutos e era bastante improvável que uma fuga fosse bater o pelotão hoje, ainda mais com a Sky controlando a ponta do pelotão.

sptdw8211_670
A fuga do dia estava composta por 7 atletas, que percorreram belas paisagens durante todo o dia (Tim De Waele).

Acontece, que estar com a camisa de líder logo no começo de uma volta de três semanas é algo que desgasta muito uma equipe que veio para disputar a classificação geral, como é o caso da Sky, com isso faz sentido eles não terem levado tão “a fundo” na etapa de hoje, deixando que as equipes com interesse na vitória da etapa se interessassem (e trabalhassem) para que a fuga fosse anulada. Acabou rolando aquela politicagem e Alexandre Geniez foi capaz de manter um ritmo forte e vencer de forma brilhante.

Veja o resumo da etapa:

Mirador de Ézaro, 2km de muito sofrimento!

A chegada no Mirador de Ézaro é desafiadora e absurdamente dura! Em 2012 foi vencida por Joaquim “Purito” Rodrigues, que atacou forte e bateu Alberto Contador, naquela que foi a última vez em que os ciclistas a enfrentaram na Vuelta a España.

São quase 300m de desnível em apenas 2km! A média de inclinação é de 14%, com picos de 29%, simplesmente inacreditável.

Veja o último quilômetro, onde Geniez já estava destacado e a Movistar cria o caos no pelotão:

Confira mais imagens desta etapa (Tim De Waele):

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tudo sobre a Vuelta aqui!

Resultados

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta