Vuelta 2016: Meersman vence em Lugo, Atapuma mantém liderança

Saiba como!

A forte equipe Ettix-QuickStep mandou o cara certo para substituir Marcel Kittel nos sprints desta edição da Vuelta! O belga Gianni Meersman venceu novamente e mostra que está em ótima fase, batendo Laurent Didier (Trek) e Kevin Reza (FDJ). O final da etapa foi simplesmente caótico, com ataques de Philipe Gilbert (BMC) e Simon Clarke (Cannondale-Drapac) há menos de 2km da chegada, exigiu muito das equipes que traziam seus velocistas.

A BMC teve pouco trabalho para manter a liderança de Darwin Atapuma, com uma etapa com poucas fugas e apenas um final complicado. Atapuma segue à frente de Alejandro Valverde na geral e esperamos a etapa complicada de amanhã para saber se algo irá mudar na CG.

20165678_329966_670
Hoje o calor deu uma trégua para os ciclistas, mas a chuva foi assim quase toda a etapa! (Getty)

Como a etapa se desenvolveu

Etapa voltada para os velocistas, praticamente plana e com um final repleto de curvas, hoje foram poucos os aventureiros a tentar uma longa fuga. A chuva pegou o pelotão de surpresa no início do dia, o que é algo inusitado na Vuelta, onde o calor e o tempo seco são os únicos climas possíveis em 99% das etapas.

Os heróis da fuga do dia foram: Tiago Machado (Katusha) e o francês Julien Morice (Direct Energie), sendo que o segundo deve ter se animado com a vitória (zebra) de seu companheiro de equipe ontem, e pensou, “vou fazer igual hoje!”. Mas não foi bem a história da etapa, onde Ettix, Giant-Alpecin e BMC controlaram a ponta do pelotão boa parte do dia.

Ao final, várias quedas, sendo que em uma delas, Steven Kruijswijk (LottoNL-Jumbo) foi derrubado por um posta não sinalizado e está fora da prova.

Confira aqui sobre a queda de Steven Kruijswijk e a revolta do pelotão.

sptdw2013_670
BMC, Giant-Alpecin e Trek controlaram a ponta do pelotão, se ajudando com diferentes interesses para a etapa (Tim De Waele).

Philipe Gilbert (BMC) e Simon Clarke (Cannondale-Drapac) tentaram escapar há menos de 2km da chegada, mas não houve colaboração entre os dois e a Ettix levou “a fundo” com Zdenek Stybar, que colocou Meersman em uma condição perfeita para disputar a chegada. Com 700m para o final nova queda! Desta vez levando Manuele Boaro (Tinkoff) ao chão, e ao que parece, Esteban Chaves.

A chegada foi feita com os atletas que “restaram em pé”, mas que não tirou o brilho do sprint arrebatador de Meersman.

Veja o resumo da etapa:

Confira o vídeo on-board, na visão dos ciclistas:

 

Confira mais imagens desta etapa (Tim De Waele):

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tudo sobre a Vuelta aqui!

Resultados

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta