Vuelta a España: Keukeleire vence e Quintana permanece líder

Saiba como!

Etapa de transição na Vuelta a España é assim, ataque atrás de ataque e no final ainda tem drama! Por mais um dia as estradas da Espanha foram palco para mais uma batalha, desta vez era esperado que poucos velocistas chegassem ao final, e foi o que acabou acontecendo. Um grupo seleto de apenas 50 ciclistas se formou após a ascensão de uma subida de categoria 2 que terminava à apenas 5 km da chegada.

Jens Keukeleire (Orica-BikeExchange) surpreendeu a todos e bateu o sprint, ele é considerado uma das apostas para as clássicas da primavera para 2017, mas ainda não havia ganho uma etapa tão importante na carreira. Com isso, sua equipe agora soma duas vitórias na competição (Simon Yates venceu a sexta etapa em Luintra), sem contar a boa apresentação de Esteban Chaves que é quarto na geral, com certeza esta tem sido uma ótima Vuelta para o time australiano.

Veja a vitória de Simon Yates na sexta etapa aqui.

Saiba Tudo sobre a Vuelta aqui!

sptdw1056_670
Quintana (Movistar) permanece líder por mais uma etapa. As montanhas recomeçam no sábado, com a subida final no Col d´Aubisque (TDW).

Keukeleire ficou muito feliz com a vitória e a dedicou a seu filho: “Eu me tornei pai há somente quatro semanas, e minha namorada e meu filho estavam assistindo a chegada hoje, isso foi realmente incrível!”, afirmou o campeão após sua vitória.

Muitos ataques e muito calor!

Esta foi uma etapa realmente quente, os termômetros beiravam os 40 graus e os atletas tinham de encaram quase 200km de estradas sinuosas e muita competição. Dentro das equipes, etapas como essa são aquelas onde é possível acumular aquele cansaço indesejado, que irá fazer diferença mais tarde na competição. Amanhã teremos a etapa mais longa da Vuelta e manter a hidratação e a alimentação em dia é mínimo para poder encarar as duras etapas do final de semana, que serão monstruosas.

No comando da etapa de hoje não houve apenas uma fuga, mas várias, e uma mais perigosa do que a outra. Em uma delas a Sky mandou Peter Kennaugh e David Lopez com Darwin Atapuma (BMC), Gianluca Brambilla (Etixx-QuickStep), Kenny Elissonde (FDJ), Louis Meintjes (Lampre-Merida) e Romain Hardy (Cofidis), que formaram um forte grupo disposto a colocar até mesmo a liderança em cheque. A ideia da Sky era de desgastar a Movistar nesta etapa de transição, já que o time espanhol tem se mostrado imbatível até o momento.

sptdw1044_670
Dries Devenys (IAM Cycling) andou muito e por pouco não venceu escapado. Por mais um dia a vitória escapa de suas mãos (TDW).

Mas o que a Sky não imaginava era que a Astana iria pegar a ponta, e o ritmo foi forte durante todo o dia. O interessa da Astana aconteceu mais tarde, quando uma nova fuga surgiu e nela estava Luis Leon Sanches (Astana) que vem fazendo uma boa Vuelta, em sua companhia havia Dani Moreno (Movistar), o russo, pódio no Tour de Lavenir 2015, Matvey Mamikin (Katusha), e o belga Dries Devenys (IAM), Devanys atacou forte, e veio sozinho parecendo que iria vencer a etapa, mas foi anulado faltando muito pouco para a chegada. O esforço de Devenys foi muito grande, mas o prêmio de combatividade do dia já tinha dono, e foi para David Lopez (Sky), que andou muito na primeira fuga.

Ao final do dia, um pelotão mesclado, com atletas de vários times e com pouca (ou nenhuma) organização foi para a chegada, Keukeleire conseguiu aproveitar a oportunidade e trouxe mais uma vitória para seu time, à frente de grandes nomes do ciclismo mundial.

sptdw1011_670
O ex-líder da prova, Darwin Atapuma (BMC), teve de ser atendido pelo médico após sua queda na fuga, em movimento! (TDW)

Veja a queda de Atapuma:

Veja o vídeo resumo da etapa:

Confira o vídeo on-board da etapa:

Confira mais imagens desta etapa (TDWSport):

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultados

Comentários

Be the first to comment

Deixe uma resposta