Grand Prix Quebec: Sagan bate o martelo

Saiba como!

Peter Sagan venceu e provou mais uma vez que além de ser extremamente forte sabe correr como um verdadeiro campeão do mundo. Evitou fazer esforços desnecessários e soube esperar o melhor momento para atacar e vencer o Grand Prix Quebec. O medalha de ouro olímpico Greg Van Avermaet (BMC)  ficou em segundo e Anthony Roux (FDJ) em terceiro.

2098154059

A corrida de 201,6 Km foi muito bem controlada pela Orica-BikeExchange, mas na parte final foram Tinkoff, Sky e FDJ que elevaram o ritmo e conseguiram manter um seleto grupo até a entrada das 4 subidas finais.

O grupo entrou muito forte puxados pela Tinkoff, mas a subida era dura demais e logo vários atletas foram pra ponta tentando se impor. Quem se deu bem foi Matteo Trentin (Etixx-QuickStep) que forçou ainda mais e conseguiu abir, sendo seguido, rapidamente, por Gianni Moscon (Sky Team) e seu companheiro de equipe Julian Alaphilippe. Assim que acabaram a subida os três começaram a trabalhar, mas percebendo que estavam em dois Etixx, Moscon esperou que um dos dois trabalhasse pelo trio. Foi o que aconteceu, Trentin puxou forte, pensando em ajudar Alaphilippe, eles só não contavam que Moscon estivesse tão inspirado. Assim que entraram na outra subida ele atacou a dupla e se destacou sozinho, demonstrando muita força. Os dois tentavam uma recuperação quando o pelote chegou na entrada da penúltima e mais curta das subidas finais. Assim que encostaram Uran, lembrando sua vitória surpresa do ano passado, atacou e passou como um bala pelos 2 etixx e logo por Moscon.

Parecia que ele levaria a vitória mais uma vez, mas o vento contra não ajudou o colombiano que foi perdendo suas forças. Uran, faltando pouco mais de 200 metros, ainda tentou apertar o passo, mas a tentativa desesperada foi em vão.  O grupo vinha muito forte puxado por Roux que acabou embalando Peter Sagan que percebendo o momento exato, faltando pouco mais de 100 m, deixou o grupo e partiu na busca de Uran. Van Avermaet muito bem colocado na roda de Sagan, partiu junto, mas não havia margem para tentar passar o campeão do mundo.

Linda vitória de Sagan e também da Tinkoff que fez um belíssimo trabalho.

Veja abaixo os últimos 30 quilômetros da prova:

Resultados:

E no domingo acontece o GP Montreal, saiba tudo sobre a prova aqui:

Grand Prix Cycliste de Quebec e Montreal

Comentários

Be the first to comment

Deixe uma resposta