Giro del Piemonte: Nizzolo bate Gaviria e Bennati no sprint

Saiba como!
Esta matéria tem o apoio delogo-bici

O campeão italiano, Giacomo Nizzolo (Trek-Segafredo), venceu hoje a semi-clássica italiana “Giro del Piemonte” batendo Fernando Gaviria (Etixx-QuickStep) e Daniele Bennati (Tinkoff) no sprint final.

cth6kcoweaucpeo
Gaviria, Nizzolo e Benatti.

Foi a sexta vitória de Nizzolo na atual temporada e a segunda nas últimas semanas. Nizzolo fará parte da equipe italiana no Campeonato Mundial de Estrada da UCI, em Doha, no próximo mês, onde ele deverá dividir a liderança da equipe com Elia Viviani (Sky).

Nizzolo disse ao final da prova que não se sentia tão bem no início, mas que no decorrer da corrida tudo mudou e ele veio confiante para o sprint. Com a vitória a Itália deve vir ainda mais motivada para o Mundial.

Juan José Lobato (Movistar) ficou em quarto lugar, enquanto Sonny Colbrelli (Bardiani) – vencedor do Tre Valli Varesine, Coppa Agostoni e Coppa Sabatini nas últimas semanas – teve de se contentar com o quinto lugar.

A corrida teve um início rápido e logo um grupo de 38 ciclistas formou a fuga do dia, nela estavam Gilbert, Swift e Bennati. Depois de duas horas de corrida, a velocidade média era de 49 km/h, mas a vantagem da fuga, embora já não mais com os 38 ciclistas iniciais, ainda era de 40 segundos.

Com o pelotão se aproximando uma série de ataques aconteceu e Stéphane Rossetto (Cofidis) seguiu sozinho. O pelotão ia pegando um por um e, apesar de Rosseto conseguir abrir uma boa vantagem, após as equipes dos principais sprinters se colorem na frente do pelotão a sua vantagem começou a cair.

A BMC acabou sendo a equipe que causou a principal acelerada no pelotão reduzindo o mesmo a aproximadamente 40 ciclistas.

Apesar de todo esforço do pelotão, Rossetto aguentava firme e só foi alcançado quando com menos de 10 Km para a chegada a Etixx-QuickStep tomou a frente da prova e faltando 2 quilômetros ele foi pego abrindo caminho para o sprint final.

Apesar do belo trabalho da Etixx, Gaviria não foi capaz de bater Nizzolo, que corria pela equipe nacional da Italia. Nizzolo conseguiu acelerar bem nos últimos 200 metros e entrou na última na frente dos principais concorrentes Gaviria e Bennati.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultados:

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta