Mundial 2016: UCI estuda possível disputa em prova de apenas 106,4 quilômetros!

Esta matéria tem o apoio delogo-bici

A UCI, em uma decisão que pode dar o que falar, pensa em reduzir o percurso da prova de estrada do próximo Mundial que será realizado no dia 16 de outubro, em Doha, no Catar.

O motivo? Os fortes ventos e, principalmente, o calor.

Pelotão no Tour of Qatar 2016 (Getty Images).
Pelotão no Tour of Qatar 2016 (Getty Images).

Os organizadores temem pela saúde dos ciclistas que terão que encarar as altas temperaturas no país árabe e, por isso, como alternativa, pensam em um circuito de apenas 106,4 quilômetros, uma distância muito pequena para qualquer ciclista profissional.

A redução seria de 150 quilômetros: a ideia é dar sete voltas em um circuito de 15,2 quilômetros. O circuito alternativo está localizado em The Pearl-Qatar, um arquipélago cuja construção custou cerca de 15 bilhões de dólares. O calor que faz a UCI considerar a disputa perigosa deve ser em torno de 35 graus.

E as reações já começaram:

“Precisaríamos ter conhecido o circuito antes”, disse Davide Cassani, treinador da equipe italiana que acrescentou: “Pessoalmente, eu espero que não tenhamos que decidir o campeão do mundo em  apenas 100 quilômetros.”

Com 106,4 quilômetros a prova poderia ser a mais curta da história. A prova do feminino e sub 23 também podem ser reduzidas.

Revezamento durante etapa do Tour of Qatar (Tim De Waele | TDWsport.com)
Revezamento durante etapa do Tour of Qatar (Tim De Waele | TDWsport.com)

A diminuição das provas também tornaria muito menor as chances de um não sprinter, que poderia contar com o forte vento cortando o pelotão, vencer a prova.

Comentários

Be the first to comment

Deixe uma resposta