Reforços aumentam o poder de fogo da Ag2r nas clássicas

Saiba como!
Esta matéria tem o apoio delogo-bici

A equipe francesa Ag2r-La Mondiale está apostando alto em suas novas contratações para 2017. A renovação do time deve trazer um ânimo novo ao grupo e pode render resultados em todos os tipos de prova. A aquisição de Stijn Vanderbergh, vindo da Etixx-Quickstep, e da revelação Oliver Naesen, que vem da  extinta IAM-Cycling, deve trazer bons resultados nas clássicas, nas quais o time ainda não possui um bom retrospecto. Além disso, a equipe contratou jovens promessas, como o velocista francês Rudy Barbier, que com apenas 23 anos, tem chamado a atenção de vários times europeus.

20161115_121010
Oliver Naesen e Stijn Vanderbergh são algumas das apostas da Ag2r para a próxima temporada. Nas mãos de Naesen o novo quadro que será utilizado pela equipe, da marca Factor O2 (Yves Pierret).

Vanderbergh é considerado um dos grandes ciclistas de clássicas da atualidade, e também um dos ciclistas mais altos do pelotão, com 2 metros de altura! Na Etixx-Quickstep, ao lado de Tony Martin, ele fazia a dura tarefa de organizar ataques nos últimos quilômetros e marcar os oponentes mais fortes das outras equipes. Graças à enorme capacidade de andar forte por várias horas, Vanderbergh se moldou para as clássicas e se tornou um dos atletas mais disputados do mercado, devido à sua versatilidade e vontade de ajudar seus companheiros. Possui grandes resultados, como o 4o lugar no Tour de Flandres (2014), 4o lugar na E3 Harelbeck (2014), 4o lugar no Gent-Wevelgem (2015), além de inúmeros top 10 e vitórias em etapas em importantes competições.

Oliver Naesen percorreu, em 2016, sua primeira temporada no profissional, e já mostrou grandes resultados com seus 24 anos de idade. Ele venceu a disputada clássica de verão GP Ouest France-Plouay, além de ter feito grandes atuações na Paris-Roubaix e Tour de Flandres, terminando no seleto Top 15. “São provas que eu me sinto muito bem e são adequadas às minhas características. A meta em 2016 é terminar no pódio em uma delas e, com a presença de Stijn comigo, podemos fazer um grande trabalho”, disse Naesen, demonstrando sua aptidão para as duras clássicas da primavera.

rudy-barbier-cholet-pays-de-loire-2016-696x464
Rudy Barbier é uma das jovens promessas do ciclismo francês, com capacidade de andar bem em clássicas e muito forte nos sprints. Com apenas 22 anos, já possui um enorme currículo com vitórias e pódios na categoria amadora

Rudy Barbier é outro reforço da equipe e também uma aposta. O atleta francês teve uma grande atuação nas categorias de base e foi muito disputado pelos grandes times devido à capacidade de andar bem em provas de um dia e o forte sprint, ele vem para reforçar estas áreas em que o time ainda não tem grande força. Ele assinou um contrato de dois anos, assim como o time renovou por mais dois anos os contratos de Mikaël Chérel, Hubert Dupont, Axel Domont, e Jan Bakelants, que tiveram grandes atuações na temporada de 2016.

Veja a vitória de etapa de Vanderbergh, escapado, na España:

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta