People’s Choice Classic Criterium 2017

Esta matéria tem o apoio delogo-bici

E foi dada a largada para a temporada 2017.

Ontem foi disputada a People’s Choice Classic Criterium, prova que antecede o Santos Tour Down Under que começa amanhã, dia 17.

Foram apenas 50 quilômetros em um circuito plano, os ciclistas fizeram 22 voltas e vieram pro sprint. A prova é mais pra dar aquela ligada nos motores do pessoal.

O sprinter australiano Caleb Ewan (Orica-Scott) venceu com Sam Bennett em segundo e o campeão do mundo Peter Sagan em terceiro, ambos da Bora-Hansgrohe.

Para quem estranhou Caleb Ewan com camisa de campeão nacional é porque ele é o atual campeão nacional australiano de critério. Miles Scotson (BMC) é o atual campeão nacional de estrada.

Foto: Tim Bardsley-Smith

A People’s Choice Classic Criterium começou com Ben O’Connor (Dimension Data) animando a corrida com uma fuga solo que chegou a abrir 40 segundos, mas ele logo foi anulado quando as equipes dos velocistas começaram a fazer seus trens quando restavam menos de cinco voltas para o final. Katusha, Sunweb, Sky e Bora-Hansgrohe tinham todos homens na frente, mas o time da casa, a Orica-Scott, tinha tudo sob controle. Gerrans, Impey, Durbridge, Chaves e, principalmente, Roger Kluge, recém contratado vindo da extinta IAM cycling, puseram Ewan na frente com 200 metros para o final não dando qualquer possibilidade de ameaça da dupla Bennett/Sagan que vinham logo atrás.

Depois da prova Sagan escreveu em sua conta no Instagram que estava trabalhando para Bannett, mas a estratégia acabou não dando certo quando Sagan resolveu se reposicionar quando sobrou pra ele fazer a última parte da embalada antes da curva que levava a chegada (estava longe demais). Com a tentativa de se reposicionar, Bannett acabou se perdendo e, quando Sagan partiu na busca do pequeno Ewan, ele estava encaixotado e não conseguiu seguir o campeão do mundo. Assim ficou mais fácil para Ewan que partiu para a vitória com Bannett se recuperando no final e ainda ultrapassando Sagan nos últimos metros.

Veja o que disseram os ciclistas após a prova:

Caleb Ewan (Orica-Scott): “Foi a primeira vez que corri com Roger (Kluge) e ele me deixou em posição perfeita. Tudo funcionou perfeitamente. Tudo o que eu tive que fazer foi segui-lo. Nas últimas voltas ele estava atrás de mim e fiquei surpreso quando no meio da confusão que estava no final ele se posicionou na minha frente e me levou até o fim perfeitamente.”

Sam Bennett (Bora-Hansgrohe): “Os caras fizeram um trabalho incrível. Eles fizeram tudo perfeitamente, no final, todo mundo pensou que era Peter que estava indo, foi uma luta pela sua roda, então ele teve que recolher um pouco no último quilômetro, eram muitos caras lutando por sua roda. Nós tivemos que abrir o sprint realmente atrasados.

Peter Sagan (Bora-Hansgrohe): “Hoje foi ok. Eu andei para Sam, então eu era um dos últimos caras no trem de embalada. Vamos ver como minhas pernas estarão para os próximos dias”

Niccolo Bonifazio (Bahrain-Mérida): “É uma corrida muito rápida, 50km em uma hora é muito rápido. No final eu tentei uma boa posição, mas terminei em 4o. Estou muito feliz, obrigado a minha equipe. É uma nova experiência e está muito bom”

Marco Marzano, diretor esportivo da equipe dos Emirados Árabes Unidos: “O primeiro objetivo da equipe para este critério foi encontrar um bom espírito de equipe, isso foi importante também porque três ciclistas estreavam em nosso grupo. Eu acredito que conseguimos isso, nossos ciclistas pedalaram próximos um ao outro durante toda a prova e é isto que eu quero que façam nos próximos dias.”

People’s Choice Classic Criterium 2017
1. Caleb Ewan (Aus) Orica-Scott in 1:03:41
2. Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe
3. Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe
4. Niccolo Bonifazio (Ita) Bahrain-Merida
5. Edward Theuns (Bel) Trek-Segafredo
6. Mark Renshaw (Aus) Dimension Data
7. Sean De Bie (Bel) Lotto Soudal
8. Baptiste Planckaert (Bel) Katusha-Alpecin
9. Patrick Bevin (NZ) Cannondale-Drapac
10. Jasha Sutterlin (Ger) Movistar

 

Galeria de imagens (Foto: Tim Bardsley-Smith):

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja o replay da prova:

Comentários

Be the first to comment

Deixe uma resposta