Vuelta a San Juan: Richeze vence a etapa e Mollema leva a Volta

Saiba como!
Esta matéria tem o apoio delogo-bici

O argentino Maximiliano Richeze (Quick-Step Floors) venceu as duas últimas etapas da Vuelta a San Juan 2017.

Ontem, na última etapa, Vicenzo Nibali foi a grande atração da fuga do dia. Mas, apesar da ilustre presença, ele e seus dois companheiros de fuga – Juan Pablo Dotti e Gonzalo Najar (SEP San Juan) – não conseguiram colocar uma distância para o pelotão que pudesse trazer alguma surpresa. Trek-Segafredo e Quick-Step Floors controlaram muito bem e começaram a diminuir a diferença no final da etapa.

Quando a fuga foi finalmente neutralizada, alguns ataques aconteceram e quatro ciclistas se destacaram do pelotão na tentativa de evitar um sprint massivo. E deu certo! Os quatro abriram uma pequena vantagem e faltando pouco mais de 1 km para a chegada, Maxi Richeze, que era um dos quatro, atacou e venceu escapado. Atrás, no pelotão, para fechar a Volta com chave de ouro para a Quick-Step Floors, Tom Boonen bateu o sprint fechando na segunda posição na etapa.

Richeze com Boonen ao fundo.

O holandês Bauke Mollema (Trek-Segafredo) chegou em segurança junto com o pelotão garantindo assim a vitória geral da Volta.

Leia mais: Tour de San Juan: Gregário de Nibali vence o crono e assume a liderança

Leia mais: Rui Costa espanta má fase com grande vitória no Tour de San Juan

Brasileiros

Dos 161 ciclistas que iniciaram a disputa, apenas 123 ciclistas terminaram as sete etapas da Volta argentina, foram dois brasileiros:

  • Emerson Santos, 25 anos, que terminou na 56º posição e atualmente corre pela UFF; e
  • Luan da Matta, 24 anos, que terminou na 103º colocação e atualmente corre pela equipe argentina Italomat-dogo.
Przemyslaw Niemiec (UAE Abu Dhabi) e o brasileiro Luan da Matta (Italomat-dogo)

Outro conhecido dos brasileiros que finalizou a prova foi o argentino Francisco Chamorro (Soul Brasil Pro Cycling Team) que terminou na 108º colocação geral.

O argentino Francisco Chamorro (Soul Brasil Pro Cycling Team) que disputou a volta pela seleção argentina ao lado de Tom Boonen (Quick-Step Floors).

Resultados finais

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta