Giro d’Itália: austríaco surpreende a todos e vence escapado

Saiba como!
Esta matéria tem o apoio deBicistore
Bicistore.

Primeira vitória de um austríaco em toda a história do Giro d´Itália, Lukas Pöstlberger (Bora-Hansgrohe) veio para a ponta do pelotão para embalar seu companheiro e líder de equipe Sam Bennet, mas o final da prova era muito sinuoso e com ruas estreitas, o que fez com o austríaco ao puxar forte a ponta, acabar se destacando do pelotão. O atleta viu a oportunidade de vencer a etapa e não parou mais de pedalar, não sendo alcançado pelos velocistas que acabaram apenas brigando pela segunda posição.

Acompanhamento e análise das etapas.

Saiba como foi o Giro em 2016 aqui.

Atrás de Lukas Pöstlberger chegaram, na sequencia, Caleb Ewan (Orica-Scott) e André Greipel (Lotto Soudal). A etapa foi marcada pela fuga de 6 ciclistas de 5 países diferentes:
Mirco Maestri (Bardiani-CSF), Cesare Benedetti (Bora-Hansgrohe), Marcin Bialoblocki (CCC Sprandi Polkowice), Pavel Brutt (Gazprom-Rusvelo), Daniel Teklehaimanot (Dimension Data) e Eugert Zhupa (Wilier Selle Italia). Eles foram controlados durante toda a etapa e não conseguiram uma distância segura para vencer a etapa.

A fuga do dia: 6 aventureiros (Divulgação).

O maior beneficiado da fuga foi Cesare Benedetti (Bora-Hansgrohe) que venceu os 3 prêmios de montanha, sendo um dos poucos ciclistas da história a vencer todos os KOMs da primeira etapa. Amanhã ele larga com a camisa de líder de montanha e vem muito forte em busca desse título específico.

Sim, eles pegaram todas as camisas! 😮 😮

Para os favoritos, Quintana, Thomas, Yates, Pinot e cia, foi apenas um dia para rodar e não ter problemas. Amanhã teremos mais uma etapa com final agressivo e a expectativa de mais uma chegada em massa, isso se outro ciclista não surpreender novamente 🙂

A etapa foi na ilha paradisíaca da Sardenha (Foto: TeamSky).

Veja a entrevista do campeão:

Veja como foi a etapa clicando aqui.

Resultados

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta