Vuelta a España: Armée vence e Froome dá novo recado a seus adversários

Clique para contribuir!

Essa 18ª etapa da Vuelta a España foi no estilo “rompe-pernas”, após uma difícil jornada que terminou na serra de Los Machucos ontem, hoje os ciclistas tiveram de engolir o cansaço acumulado e as dores para enfrentar um trajeto repleto de curvas e subidas curtas e duras, atravessando o Parque Nacional dos Picos Europeus, na Espanha. O início da etapa foi marcado pelas tentativas de várias fugas, com as equipes interessadas na geral, como Sky, Astana e Bahrain-Merida, deixando os dados serem jogados pelos fugitivos.

A vitória da etapa de hoje ficou com o belga especialista em clássicas, Sander Armée (Lotto-Soudal), que, desta forma, completa a terceira vitória de uma bem sucedida empreitada da Lotto-Soudal nesta Vuelta. Armée bateu vários fortes ciclistas que compuseram a fuga de hoje, entre eles Julian Alaphilippe e Alexey Lutsenko, ambos já venceram etapas nesta Vuelta, mas não foram capazes de bater Armée que estava em um dia inspirado!

Veja também: Vuelta a España: Froome destrói no crono e geral se modifica

Vuelta a España: Miguel “Superman” López, ataca novamente e leva mais uma

Esta foi mais uma etapa com belíssimas paisagens que só o ciclismo pode proporcionar! (TDWSPort).

O líder Chris Froome (Sky), mostrou que a falta de força na etapa de ontem foi plenamente recuperada hoje, ele atacou forte no último quilômetro e só Contador e Michael Woods foram capazes de segui-lo. Froome, além de mostrar que recupera rápido, colocou, novamente, tempo em Vincenzo Nibali (Bahrain-Merida), que terá de fazer algo milagroso no Angliru para revertar a grande vantagem de Froome, que até o momento parece intransponível.

Acompanhe tudo o que acontece na Vuelta a Espanha 2017 aqui.

Julian Alaphilippe esteve novamente na ofensiva hoje. Ele não venceu a etapa, mas continua construindo sua base para liderar a equipe francesa no Mundial de ciclismo em outubro (TDWSPort).

A novidade no Top10 da geral de hoje, foi a entrada do holandês Steven Kruijswijk (Team LottoNL-Jumbo), que agora terá a difícil missão de manter essa posição na duríssima etapa de sábado, com a ascensão ao temido Angliru. Kruijswijk vem de uma séria de azares que tem atrapalhado sua carreira, o ciclista holandês poderia ter vencido o Giro de 2016 se não fosse uma queda boba na penúltima etapa de montanha, na qual era líder. Após aquele incidente ele não encontrou a sua forma ideal, mas um top10 na geral nesta Vuelta pode ser o estímulo que faltava para que ele ande forte em 2018 novamente.

Veja também: Bernal vence Tour de L´Avenir e Sky confirma sua contratação

Vuelta a España: Alaphilippe mostra sua força na montanha

Antes da etapa, Superman López e Fabio Aru eram só sorrisos no stand da Astana. Mais tarde a coisa ficou séria 🙂

Amanhã teremos uma etapa de transição e sábado os ciclistas enfrentam uma das montanhas mais duras do ciclismo em todo o mundo: o Angliru! Vai ser o desfecho final desta incrível competição que você só encontra os detalhes e novidades aqui! Não perca 😉

Acompanhe tudo o que acontece na Vuelta a Espanha 2017 aqui.

Veja mais vídeos da etapa:



Resultados

Comentários