Tom Dumoulin é o novo campeão mundial de contra-relógio

O holandês Tom Dumoulin (27) é o novo campeão mundial de contra-relógio. Ele assumirá a camisa arco-íris que vinha sendo usada pelo alemão Tony Martin que dessa vez não foi bem, fazendo apenas o nono melhor tempo na disputa. A surpresa do dia ficou por conta do esloveno Primoz Roglic que ficou com a medalha de prata. Roglic trocou de bicicleta antes de encarar os pouco mais de 3 quilômetros finais que eram em subida. Chris Froome, que tentava conquistar o terceiro grande título na temporada, ficou com o bronze.

Mapa e altimetria da prova de contra-relógio individual.

Tom Dumoulin venceu com autoridade, esteve, durante a disputa, sempre em torno de 40 segundos abaixo do tempo dos melhores em cada ponto de verificação intermediário e, no final, mesmo subindo de bicicleta de contra-relógio, terminou os 31 km da disputa 57 segundos mais rápido que Primoz Roglic, o segundo colocado.

O público compareceu em grande número!

O tempo de Tom Dumoulin foi tão impressionante que ele não pegou Froome por apenas 9 segundos! Veja os tempos abaixo.

Outro fator que faz o título de Dumoulin ter ainda mais valor foi que uma chuva fina começou a cair quando os últimos ciclistas, incluindo ele, estavam na pista. A pista molhada, sem dúvida, prejudicou os que ali estavam, mas não foi suficiente para mudar o pódio final.

Mudança de bicicleta

Dumoulin acabou surpreendendo a todos quando passou pelo local de troca de bicicletas sem parar. Ele havia dito que as chances de que ele trocaria eram de 99%. Bléfe ou não, hoje, no final da prova, Dumoulin disse que, como não tem problemas em escalar de TT (Bicicleta de Time Trial – contra-relógio), escolheu por não mudar.

Primoz Roglic fez a mudança e, para ele, o resultado da troca foi o pódio. Ele vinha com o nono tempo na última parcial, que era computado bem no pé da subida final e, ao cruzar a linha, no alto da montanha, saltou para a segunda colocação. Ele fez o melhor tempo na subida, desbancando Dumoulin apenas nesse trecho de subida e no primeiro tempo intermediário da prova que contabilizava os 3,2 primeiros quilômetros. Veja abaixo os tempos:

Os tempos intermediários e finais da prova dos top 10.

Veja todos os tempos aqui.

A Holanda vem fazendo um excelente mundial. Ontem, na disputa da elite feminina, fizeram primeiro e segundo com Annamiek van Vleuten e Anna van der Breggen, respectivamente.

Veja aqui como foi a disputa da elite feminina.

No sábado teremos a disputa da prova de estrada feminina e no domingo a tão aguardada prova masculina na qual Tom Dumoulin também participará.

Resultados

Saiba tudo sobre os horários das provas do Campeonato Mundial de Ciclismo aqui.

Comentários