STDU 2018: Greipel bate Sagan e Ewan e vence a primeira etapa

Clique para contribuir!

Depois de 145 quilômetros, o gorila alemão, Andre Greipel (Lotto-Soudal), conquistou a vitória da primeira etapa do Santos Tour Down Under. Após um sprint fortíssimo ele deixou pra trás o ciclista da casa, Caleb Ewan e o campeão do mundo Peter Sagan.

Depois de 2 anos onde apenas ciclistas australianos venciam as provas do começo da temporada, esse ano as coisas começaram bem diferentes. Sagan venceu o prólogo, People’s Choice Classic,  e hoje foi a vez do alemão, Greipel, vencer.

Foi o 17º vitória de Greipel no Santos Tour Down Under, que não participava da prova faziam 4 anos.

Greipel já venceu a geral do Santos Tour Down Under por 2 vezes e agora também é o ciclista que mais venceu etapas da prova.

“Eu me sinto bem aos 35 anos, todo mundo diz que eu ficaria mais lento, mas eu não sinto isso, eu realmente gosto do correr de bicicleta”.

“Nós (Lotto-Soudal) estávamos conversando que talvez somos a equipe mais velha, mas acho que temos muita qualidade e experiência e foi isso que vocês puderam ver hoje – Temos os caras certos na equipe.

“Uma vitória é sempre bom, ainda mais no início da temporada, estou muito feliz!” disse Greipel, após a etapa.

Greipel também homenageou sua mãe que faleceu no final do ano passado.

“Ela estará sempre em minha mente, foi minha maior apoiadora e eu sei que ela continua olhando”, disse ele.

“Não foi fácil lidar e ainda não é, mas o esporte me ajuda a lidar com tudo”.

A vitória de Greipel vem dois dias após a vitória de Sagan e, no ano passado, o australiano, Caleb Ewan, venceu as duas, com isso, o jovem de 23 anos da Mitchelton-Scott, vem sendo um pouco mais cobrado, mas em suas entrevistas justificou dizendo que seus adversários estão muito bem e que ele pode estar errado no timing dos sprints.

“Ele (Greipel) tem sido muito forte no final das provas e eu, provavelmente, parti cedo novamente.”

“Nas provas maiores terei que suportar por mais tempo meus sprints, então preciso treinar isso.”, disse Ewan.

Acidente

Em mais um final muito rápido e com algumas curvas traiçoeiras, mais um acidente aconteceu. Dessa vez o envolvido foi o norueguês Daniel Hoelgaard, da equipe francesa FDJ, que escorregou na última curva e bateu com forças nas barreiras de proteção.

O ciclista sofreu alguns cortes, foi atendido por cerca de dez minutos e seguiu para o hospital.

O STDU continua amanhã com a segunda etapa.

Vídeo dos 10 quilômetros finais:

Resultados

Comentários