Dauphiné: Pello Bilbao vence escapado. Thomas mantém a liderança

Saiba como!

O espanhol Pello Bilbao venceu a sexta etapa do Critérium du Dauphiné 2018. A etapa foi idêntica a que teremos na 11º etapa do Tour de France, em julho. Foram apenas 110 km e o ciclista da  Astana, mesmo depois de um duro Giro da Itália nas pernas, encontrou inspiração e força para escapar do grupo de fuga e vencer escapado. O ataque que parecia que seria neutralizado pelo grupo de favoritos, acabou se tornando vitorioso devido a politicagem dos favoritos na escalada final, mas também a força que o espanhol demonstrou nos últimos quilômetros da prova.

Bilbao cruzou a linha 20 segundos antes do líder geral Geraint Thomas, que manteve a camisa amarela. Thomas soube aguardar o momento certo para atacar o grupo dos favoritos formado por Daniel Martin, Romain Bardet e Adam Yates.

Thomas contou com mais um belo trabalho do Team Sky durante todo dia, principalmente durante a última escalada. No final ele se defendeu muito bem dos diversos ataque de Dan Martin e, já no último quilômetro, lançar seu ataque e ampliar sua vantagem para os adversários.

Thomas demonstrou estar muito bem preparado.

Geraint Thomas agora tem vantagem de 1’29” sobre Adam Yates (Michelton-Scott) e 2’01” sobre o francês Romain Bardet (AG2R).

Quem não foi visto mais uma vez no momento decisivo da etapa foi o italiano Vincenzo Nibali (Bahrain-Merida). Resta saber se ele tem apenas controlado seus impulsos e seguindo o treinamento para o Tour de France ou se realmente está sem pernas.

Nibali parece seguir exatamente o que disse antes do ínicio da prova: “Estou participando como treinamento para o Tour de France”.

Amanhã o último dia da prova com uma etapa que terminará também no alto da montanha. Serão 136 quilômetros de Moûtiers a Saint-Gervais, nos Alpes franceses.

Vídeos da etapa:



Resultados:

Comentários