Tour Down Under 2019: Impey se impõe em Campbelltown

Saiba como!

O atual campeão do Tour Down Under, o sul-africano Daryl Impey (Mitchelton Scott), venceu hoje a quarta etapa e assumiu a segunda posição geral. Ele está agora 11 segundos atrás de Patrick Bevin (CCC Team) que continua na liderança.

A etapa teve 129 km de Unley para Campbelltown e teve como principal ponto de seleção dos candidatos a vitória a subida de Montacute, há seis quilômetros da chegada, com 2,3 Km e com  9% de inclinação média o que prometia uma guerra.

A fuga do dia foi estabelecida logo no início e teve a presença do homem fuga Thomas De Gendt (Lotto Soudal). Além dele participaram da fuga Miles Scotson (FDJ), Hermann Pernsteiner (Barhain-Mérida), Nik White (UniSA), Jasha Sutterlin (Movistar) e Benoit Cosnefroy (AG2R).

Thomas de Gendt liderando a fuga.

A fuga chegou a ter 5 minutos de vantagem quando o pelotão, liderado pela CCC, do líder geral Patrick Bevin, assumiu a perseguição com alguma ajuda da Mitchelton Scott de Daryl Impey que demonstra, dia após dia, estar preparado para repetir o título de 2018.

A CCC controlou a fuga durante quase toda a etapa.

Com a aproximação do pelotão Scotson, White e Cosnefroy apertam o ritmo da fuga e acabaram deixando De Gendt, Sutterlin e Pernsteiner pelo caminho. A tentativa era manter alguma vantagem antes da chegada da escalada de Montacute onde poderiam tentar os pontos de montanha além de, com alguma sorte, vencer a etapa.

Apesar de todos os esforços o pelotão, que nesse momento liderado pela Sky, assumiu a ponta da prova no início da subida e as hostilidades começaram com um ataque de Wout Poels (Team Sky), que foi prontamente respondido por Michael Woods (EF Education First), Richie Porte (Trek-Sagafredo) e George Bennett (Team Jumbo-Visma).

A Sky fez um belo trabalho para Wout Poels.

Os 4 começaram a trabalhar juntos e logo abriram alguma vantagem para grupo perseguidor que tinha pouco mais de 10 ciclistas, entre eles estavam Daryl Impey e Patrick Bevin.

Bennett foi o primeiro a cruzar a meta montanha seguido por Porte, Woods e Poels.

Veja como foi o final da escalada:

O quarteto iniciou a descida com cerca de 30 segundos para o grupo perseguidor, mas, na descida, cometeram muitos erros e foram alcançados quando faltavam 2 quilômetros para a chegada.

Com os principais favoritos a vitória juntos, a Michelton-Scott assumiu a liderança do grupo preparando terreno para Impey. Eram 20 ciclistas que estavam na disputa e o primeiro a lançar o sprint foi Luis Leon Sanchez (Astana), que já está merecendo melhor sorte, mas o líder geral, Patrick Bevin, veio colado em sua roda seguido por Daryl Impey que soube aguardar o momento certo para partir e superar os dois adversários.

Vitória do campeão sul-africando!

Amanhã uma etapa plana que deve terminar em sprint e no domingo a grande decisão da volta quando eles terminarão subindo duas vezes a temida Willunga Hill.

Vídeos

Resumo:


Entrevista:

Resultados finais