Peter Sagan vive um mau momento na temporada

Saiba como!

Nem só de vitórias e alegrias vive o astro Peter Sagan, depois de quase dois meses sem competir, o tri-campeão mundial reapareceu na Tirreno-Adriático, volta de uma semana italiana, e diz estar tentando retornar ao seu melhor, em tempo para as principais clássicas da temporada.

Em 2018 Sagan venceu a monumental Paris-Roubaix e disse que este ano tentará defender o título, todavia o atleta tem batalhado com uma virose que contraiu após o Tour de San Juan, na Argentina. Antes de competir na Argentina, ele esteve no Tour Down Under, na Austrália, provas com mais de 10 horas de fuso horário de diferença e poucos dias de descanso entre elas. Talvez a equipe de planejamento da Bora tenha errado na preparação de Sagan e isto pode estar custando caro para o atleta.

Veja também:

Viviani bate Sagan e Gaviria na terceira etapa do Tirreno-Adriático

O dia em que Pablo Escobar quis ganhar um Tour de France

Alaphilippe bate Greg Van Avermaet no Tirreno-Adriático

Simone Consonni celebrates Fernando Gaviria beating Peter Sagan during stage 4 in San Juan
Sagan sendo batido por Fernando Gaviria na Argentina em janeiro deste ano (Getty).

Segundo Sagan, ele teve uma virose estomacal e tem sido difícil retornar aos treinamentos, em nota a equipe afirmou que toda comissão técnica tem trabalhado pelo retorno em alto nível do atleta.

No final da etapa de hoje o eslovaco disse que já está quase 100% depois de vir para a chegada com os monstros Fernando Gaviria e Elia Viviani. Sagan ficou em terceiro. Veja como foi aqui:

Viviani bate Sagan e Gaviria na terceira etapa do Tirreno-Adriático

Sagan aprontou depois da etapa kkkk:

Sobre Ígor Donini 20 Artigos
Ígor Donini é engenheiro físico (Ufscar) e mestre em Biotecnologia (Unesp). Editor e Co-fundador da plataforma DigitalCycling.