Viviani bate Sagan e Gaviria na terceira etapa do Tirreno-Adriático

Saiba como!

O italiano Elia Viviani garantiu a décima sétima vitória da Deceuninck-Quick Step na temporada ao vencer a terceira etapa do Tirreno-Adriático. É uma atrás da outra.

Peter Sagan, Elia Viviani e Fernando Gaviria.

Foi a quarta vitória do campeão italiano em 2019, ele venceu até aqui a primeira etapa do Tour Down Under, a quinta etapa do Tour dos Emirados Árabes Unidos, além da clássica australiana Cadel Evans Great Ocean Road Race.

Hoje ele bateu o sprint decisivo deixando Peter Sagan e Fernando Gaviria em segundo e terceiro, respectivamente. Peter Sagan, que venceu apenas uma prova esse ano, bem que tentou, ele foi o primeiro a partir, mas Viviani conseguiu ultrapassa-lo quando restavam apenas 50 metros para o final. Gaviria também estava muito bem colocado, mas acabou não tendo como fazer a ultrapassagem sobre os dois primeiros.

Depois da chegada Peter Sagan deu uma pequena demonstração de sua habilidade:

O britânico Adam Yates (Mitchelton-Scott) mantém a liderança da prova, ele é seguido de perto por outros candidatos ao título: Primoz Roglic (Team Jumbo-Visma) está em terceiro a sete segundos do líder, Tom Dumoulin (Sunweb) o quinto na classificação geral está a 22 segundos, Julian Alaphilippe (Deceuninck – Quick Step) o oitavo a 27 segundos e Wout Poels (Team Sky) em nono a 47 segundos são os principais adversários de Yates entre os 10 primeiros colocados da classificação geral.

O Tirreno-Adriático continua amanhã com a quarta das sete etapas da Volta. Amanhã algumas subidas íngremes aguardam os ciclistas nos últimos 20 quilômetros.

Vídeos

Em breve…

Resultados