Tour de France: Boasson Hagen salva Dimension Data com vitória em etapa

(Bettini Photo)
Saiba como!

Foi uma grande batalha de Edvald Boasson Hagen neste Tour de France para trazer a vitória para sua equipe, a Dimension Data, e hoje, finalmente, Ed Boss conseguiu a tão sonhada vitória em etapa, salvando a participação tímida de sua equipe no Tour, haja vista que a grande estratégia do time era trabalhar para Cavendish, que saiu da prova na sexta etapa, para desespero dos patrocinadores.

A equipe Dimension Data investiu muito em Mark Cavendish, para que o ciclista britânico brilhasse novamente na competição e conseguisse ultrapassar Eddy Merckx como o maior vitorioso em etapas na história. Milhões em marketing e muita especulação sobre a participação ou não de Cav no Tour (pois o atleta lutou para sarar de uma febre granular que quase o tirou da prova), e todo o sonho terminou ainda na primeira semana, após o envolvimento com Peter Sagan (Bora-Hansgrohe), no qual o atual campeão mundial foi desqualificado da prova.

Veja também: Tour de France: Matthews vence novamente e encosta na camisa verde

Confira: Kittel abandona o Tour de France 2017

Matthews já desfila como o virtual campeão da camisa verde. A Sunweb também já comemora a vitória antecipada da camisa de montanha, com Warren Barguil. O trabalho da Sunweb neste Tour foi simplesmente fenomenal! (Bettini Photo)

A etapa foi marcada, mais uma vez, por uma enorme fuga: Bauke Mollema (Trek-Segafredo), Tony Gallopin (Lotto-Soudal), Jan Bakelants (AG2R), Sylvain Chavanel (Direct Energie), Romain Hardy (Fortuneo-Oscaro), Robert Kiserlovski (Katusha), Rudy Molard (FDJ), Lilian Calmejane (Direct Energie), Pierre Luc Perichon (Fortuneo-Oscaro), Thomas De Gendt (Lotto-Soudal), Gianluca Brambilla (QuickStep Floors), Jens Keukeleire (Orica Scott), Romain Sicard (Direct Energie), Edvald Boasson Hagen (Dimension Data), Ben Swift (UAE Team Emirates), Elie Gesbert (Fortuneo Oscaro), Nikias Arndt (Sunweb), Michael Albasini (Orica-Scott) e Daniele Bennati (Movistar) escaparam cedo e o pelotão não demonstrou interesse em alcançá-los.

Veja também: Tour de France: Urán, mesmo com câmbio quebrado, vence

O Tour de France segue fazendo o que sabe de melhor: divulgando as inúmeras paisagens da França, que depois receberá milhões de turistas ao longo ano (Bettini Photo).

Boasson Hagen venceu escapado contra Jens Keukeleire (Orica Scott), Daniele Bennati (Movistar) e cia, mostrando que além de estar em grande forma, é capaz de trabalhar com estratégia, vencendo sem companheiros para ajudá-lo e resistindo aos ataques finais. Para os homens da geral, a etapa foi bem tranquila, com um crono decisivo na etapa desta sábado, era normal esperarmos um comportamento assim deles, deixando os gregários fazerem o trabalho difícil por mais um dia.

Veja também: Bardet e Ag2r prometem colocar mais pressão em Chris Froome

Confira: Tour de France: Mollema vence solo e Froome tem etapa difícil

Froome cruzou a linha de meta e já entrou em contato com a diretoria, pedindo o jantar! :p (Bettini Photo)

Amanhã os motores farão barulho novamente, mas, desde já, Chris Froome (Sky) se mostra como o virtual campeão deste Tour, apenas uma queda ou algo drástico para ele conceder tempo para homens como Bardet, Uran e Aru, historicamente piores na luta contra o cronômetro que Froome. Apesar disso, teoria e prática não se confundem, e tudo pode acontecer amanhã! Não percam!
Acompanhe tudo o que acontece no TdF 2017 aqui.

Veja mais vídeos da etapa:



Resultados