Vuelta a España: Tubarão vence após sequência de montanhas

Clique para contribuir!

A primeira etapa de montanha da Vuelta a España trouxe aquilo que todos os fãs gostam, muitos ataques e um final de tirar o fôlego. A equipe Sky fez um grande trabalho para Froome que atacou forte logo em seguida, sendo que apenas o colombiano Esteban Chaves foi capaz de segui-lo.

Mais tarde, Fabio Aru (Astana) e Romain Bardet (Ag2r) se uniram à dupla e tudo parecia ir para o sprint entre os quatro. Mas, um grupo forte vinha na perseguição, contendo Caruso e TVG (BMC), Vincenzo Nibali (Bahrain-Merida) e Pozzovivo (Ag2r), que fizeram com a chegada ficasse ainda mais acirrada! Nibali se aproveitou de suas boas habilidades de posicionamento e conseguiu surpreender a todos e vencer essa importante etapa, o que o fez ascender na classificação geral.

Veja também: Vuelta a España: Lampaert vence após pelotão explodir com vento lateral

Vuelta a España: melhores momentos do contra-relógio por equipes

O calor continua castigando os ciclistas na Espanha (TDWSport).

Agora, Froome é o novo líder da classificação geral e tudo indica que essa será uma camisa muito difícil de trocar de dono, haja vista que Froome está realmente muito forte e não constatamos, até o momento, alguém que possa surpreendê-lo. Veremos!

A velocidade das primeiras etapas desta Vuelta tem surpreendido a todos, o nível está muito forte! (EPA)

Na terça-feira, os ciclistas correm os 198,2 quilômetros entre Escaldes-Engordany e Tarragona, numa tirada com apenas uma subida de terceira categoria, que poderá favorecer os sprinters

Veja o final da etapa:

Resultados

Comentários