Vuelta a España: Froome e Nibali sucumbem à força de Superman López

Saiba como!

Com uma pancada mortal no último quilômetro da duríssima escalada final de hoje, em Calar Alto, o colombiano Miguel “Superman” López (Astana) bateu o grupo selecionado dos melhores ciclistas da competição que fizeram uma linda disputa. Dentre os nomes que Superman deixou para trás estão o líder Chris Froome (Sky) e o italiano Vincenzo Nibali (Bahrain-Merida). O ataque de Ángel López foi certeiro não dando chances para seus adversários e mostrando, mais uma vez, a força dos colombianos nas montanhas.

Na geral, os ciclistas que tiveram maior prejuízo na etapa foram Nicolas Roche e Tejay Van Garderen da BMC e Esteban Chaves da Orica-Scott. Os três não suportaram o ritmo da última escalada do dia e perderam bastante tempo, sendo que os ciclistas da BMC nem mesmo figuram mais entre os TOP 10. O colombiano Chaves caiu de segundo para terceiro, está agora a 2min33 do líder Froome e terá que lutar muito para estar no pódio em Madrid, a diferença dele para o oitavo é de menos de 30 segundos.

Essa semana ainda teremos duras etapas e no final de semana os ciclistas enfrentarão duas etapas com chegada ao alto, parecidas com a de hoje, que devem, novamente, chacoalhar a geral e começar a moldar o pódio final.

Hoje foi dia dos ciclistas enfrentarem algumas das montanhas mais duras da competição. (TDWSport)

A chegada de hoje, no observatório Astronômico de Calar Alto, foi a escalada mais difícil que os ciclistas enfrentaram até o momento. Mas vale lembrar que antes da escalada final, os ciclistas subiram a duríssima montanha do Alto do Velefique, a mais longa desta Vuelta, ou seja, duas “pedreiras” que só quem estava muito bem conseguiu seguir no grupo dianteiro.

O Alto do Velefique é famoso na Vuelta a España, a escalada foi local de vários combates, como a vitória de etapa de Ryder Hesjedal em 2012. O que impressiona, além do desnível, é o seu comprimento, ela tem mais de 30km de ascenção!

Bernal vence Tour de L´Avenir e Sky confirma sua contratação

Vuelta a España: Alaphilippe mostra sua força na montanha

Wilco Kelderman segue escoltado pelo Team Sunweb e pelo excelente gregário Sam Oomen. Kelderman terminou a etapa em quarto e vive a chance de conquistar um pódio nesta edição da Vuelta a España (Sunweb).

A Sky mais uma vez fez um belíssimo trabalho para Froome mas, dessa vez, a equipe contou com a “ajuda” da Bahrain-Merida que com Giovani Visconti e Franco Pellizotti, ajudaram muito Nibali a andar forte na etapa, elevando o nível de dificuldade no grupo dos favoritos e fazendo muita gente sobrar.

A Orica-Scott também tentou alguma coisa para ajudar Chaves, mandou Simon Yates ao ataque no Alto do Velefique, mas, no final, nada deu certo. Yates não estava bem e Chaves sucumbiu à fadiga na última montanha, sendo auxiliado, de imediato, pelo excelente Jack Haig, que vem fazendo uma grande Vuelta.

A etapa foi um excelente termômetro para saber quem tem grandes chances de pódio e quem poderá ter dificuldades. São muitas montanhas ainda pela frente.

Continue nos acompanhando nas próximas etapas e fique ligado 😉

Acompanhe tudo o que acontece na Vuelta a Espanha 2017 aqui.

Vuelta a España: Trentin vence outra e Roche surpreende Froome na descida

A bela vista da etapa de hoje (TDWSport).

Veja vídeos da etapa:


Resultados

Comentários