Vuelta a España: Trentin traz a quinta vitória da QuickStep

Clique para contribuir!

Chegada estranha nesta 13ª etapa da Vuelta, que deveria ser destinada apenas aos sprinters, mas o que se viu foram os ciclistas da geral, como Froome, Nibali, Kelderman e Chaves, duelando pela vitória, com exceção de alguns valentes atletas como Gianni Moscon (Sky), Søren Kragh Andersen (Team Sunweb) que brigaram pela vitória que ficou com o italiano Matteo Trentin (QuickStep-Floors).

O líder Chris Froome (Sky) mostrou que os dois tombos de ontem não o prejudicaram, o britânico andou forte hoje e durante toda a etapa foi escoltado pelos gregários da Sky. Amanhã, Froome, irá precisar de todas as energias possíveis para andar bem na chegada ao alto da duríssima La Pandera. Será um final de semana com duas etapas brutais, talvez as mais duras desta Vuelta, com chegadas no La Pandera e em Sierra Nevada, respectivamente, sábado e domingo, ambas subidas categoria HC, ou seja, duas etapas monumentais!

Bernal vence Tour de L´Avenir e Sky confirma sua contratação

Vuelta a España: Froome e Nibali sucumbem à força de Superman López

Momento do abastecimento na #LaVuelta (TDWSport).

A etapa de hoje teve uma boa fuga, com cinco atletas de alto nível que tentaram a vitória, eram eles: Alexis Gougeard (AG2R-La Mondiale), Davide Villella (Cannondale-Drapac), Thomas De Gendt (Lotto-Soudal) and Arnaud Courteille (FDJ) e Alessandro De Marchi (BMC) que escaparam com 20km de prova. A diferença para o pelotão chegou ao máximo de 5 minutos, com Villela estendendo a liderança pela camisa de montanha.

Acompanhe tudo o que acontece na Vuelta a Espanha 2017 aqui.

Vuelta a España: Trentin vence outra e Roche surpreende Froome na descida

O holandês Jetse Bol (Manzana-Postobon) foi um dos atingidos por uma queda na etapa, mas continuou com apenas arranhões (TDWSport).

A QuickStep controlou o pelotão na perseguição da fuga, que terminou com 7km para a chegada que foi tumultuada e teve um corte de 7 segundos, que acabou prejudicando ciclistas como Ilnur Zakarin (Katusha) e David de La Cruz (QuickStep-Floors) e, com isso, o holandês Wilco Kelderman (Sunweb) ascendeu uma posição na geral, ele agora é o quarto colocado, recuperando gradativamente segundos preciosos que perdeu na primeira semana quando caiu e teve problemas mecânicos.

O campeão de montanha de 2016, Omar Fraille (Dimension Data) passou mal do estômago nessa etapa e vomitou, acabando desistindo da competição. A equipe Dimension Data já perdeu 6 ciclistas na equipe, a maioria por problemas ligados à viroses de alimentação (TDWSport).

Amanhã a tendência é a briga pela vitória da etapa e pela camisa de líder ser toda na chegada na La Pandera, o ritmo verá ser intenso desde o início e será uma daquelas etapas em que não é bom perder um minuto sequer! Fique com a gente e não perca mais essa etapa que deve começar a decidir o futuro campeão da Vuelta a España 2017 😉

Vuelta a España: Marczynski vence outra e Froome cai sozinho!

As belas paisagens da Espanha não acabam! 🙂 (TDWSport)

Veja vídeos da etapa:


Resultados

Comentários