Astana de volta ao topo em 2019!

Saiba como!

Ainda estamos em fevereiro, meus amigos, e a Astana já venceu nada menos do que seis voltas ciclísticas de grande gabarito! A temporada só está começando, mas tudo indica que o time cazaque voltou, de fato, a figurar no topo do ciclismo.

Veja como foram as vitórias do time cazaque chefiado por Alexander Vinoukrov!

Tour da Colômbia: Miguel Angel “Superman” Lopez

O Tour da Colômbia foi considerado, pela mídia e pelos fãs, como a mais importante prova de ciclismo das Américas. Não é por menos, com a presença de grandes estrelas, como Chris Froome (Sky), Julian Alaphilippe (QuickStep), e muitos outros estrangeiros.

Os colombianos fizeram um show que só veremos mais tarde nas grandes voltas, disputando o título metro a metro! Melhor para Miguel Angel “Superman” Lopez (Astana), que, mesmo sem vencer uma etapa, foi o mais regular, batendo nomes de peso, como Nairo Quintana, Egan Bernal, Daniel Martinez, Rigoberto Uran e outras lendas.

Resultado de imagem para tour colombia 2019 miguel angel lopez

Veja também:

De onde vem a paixão dos colombianos pelo ciclismo?

O público foi um dos chamariscos a parte no Tour da Colômbia, engrandecendo ainda mais o título para a Astana. “Vencer na Colômbia é muito difícil”, disse Angel Lopez, frisando que apesar de disputar o circuito mundial com grandes atletas, quando a briga é “em casa”, é muito mais difícil vencer!

“Vencer o Tour da Colômbia é um dos grandes triunfos da minha carreira, espero vencer uma grande volta este ano. Comecei o ano com o pé direito”, afirmou Lopez. O garoto é um monstro!

Ruta del Sol: Jakob Fuglsang

De volta ao velho continente europeu, o dinamarquês Jakob Fuglsang (Astana) mostrou que também está em grande forma ao vencer a disputada Ruta del Sol, também chamada de Vuelta a Andalucia. Fuglsang  venceu nomes como o campeão da Vuelta a España 2018, Simon Yates (Scott) e o holandês Steven Kruijswikj (Lotto-Jumbo).

Fuglsang é conhecido por vir do MTB, no qual venceu grandes provas, como a Cape Epic. No ciclismo ele já venceu a Critérium du Dauphiné e etapas em várias voltas. Fuglsang está sempre cotado como um dos líderes da equipe no Tour de France, a briga vai ser boa!

 

Astana leads the field at Ruta del Sol stage 4

Tour de Oman: Alexey Lutsenko

Nas “arábias” o mundo do ciclismo viu uma Astana armada para um verdadeiro cazaque vencer. Seu nome é Alexey Lutsenko, que venceu nada menos do que três das 6 etapas, todas com uma paulada no final.

O pelotão do Tour de Oman era composto, em sua maioria, por especialistas em clássicas, que estão fazendo a preparação final antes da estreia na Omloop Niewsblad, dia 2 de março. Esse pelotão selecionadíssimo aumentou a importância da vitória de Lutsenko, haja vista que seus ataques são os mesmos que os especialistasem clássicas precisam ter para vencer na Bélgica ou no norte da França.

Lutsenko deve seguir junto com seus rivais do Tour de Oman, como Rui Costa, Greg Van Avermaet, Oliver Naesen e outros, para as clássicas. Novos duelos ainda estão por vir!

Alexey Lutsenko Hugo Houle

Alexey Lutsenko comemora a vitória com seu companheiro de equipe Hugo Houle (Bettini Photo).

La Provence: Gorka Izagirre

No sul da França a briga foi insana, com um pelotão repleto por franceses precisando de resultados, mas foi um espanhol da Astana que brilhou. Gorka Izagirre, o irmão mais novo dos Izagirre que surprendeu na vitória geral.

Gorka Izagirre é o atual campeão espanhol de ciclismo de estrada. Está em boa fase e, apesar de não ter vencido alguma etapa da La Provence, ele foi o mais regular e constante.

Resultado de imagem para gorka izagirre 2019 (Astana)

Parece que as vitórias gerais estão indo para as mãos dos ciclistas com mais cabeça. Aqueles mais conservadores e que pensam várias vezes antes de atacar. O ciclismo, nesse nível, premia o ciclista mais constante.

Volta a Murcia: Luís Leon Sanchez

O veterano Luís Leon Sanchez deu um show na Volta a Murcia, terra de Alejandro Valverde. Não só Sanchez, mas toda a Astana foi impressionante na competição. Com bela atuação de Pello Bilbao e Omar Fraile, a Astana demonstrou muita estratégia e uma ótima preparação de todos os seus atletas!

Resultado de imagem para volta murcia 2019 (Astana)
Sanchez chegou escapado com Valverde na Murcia (Getty).

Ano passado, nesta mesma prova, Sanchez também chegou escapado em uma das etapas com Valverde. Esse ano a briga foi boa entre os dois novamente. A Astana está com tudo!

Resultado de imagem para volta murcia 2019 (Astana)
A fuga da prova com nada menos do que quatro ciclistas da Astana (Bettini).

Volta a La Comunitat Valenciana (VCV): Ion Izagirre

Os Izagirre estão com tudo, na VCV foi o irmão mais velho, Ion, que venceu sobre um pelotão com muitos ciclistas de peso, como Alejandro Valverde (Movistar), Jesus Herrada (Cofidis), Daniel Martin (UAE) e Adam Yates (Scott).

Resultado de imagem para ion izagirre (Astana)

Ion Izagirre está subindo muito e possui um contra-relógio fantástico, e foi com essas duas características que ele venceu a VCV. Agora o foco dele será a duríssima Paris-Nice, na França. Ele vai encarar muitos caras fortes, como Richie Porte (Trek) e outros, mas é difícil encontrar limites para essa NOVA Astana!

Resultado de imagem para ion izagirre (Astana)

Tour de Rwanda (em andamento): Merhawi Kudus

Kudus é mais uma das belas surpresas do ciclismo deste início de temporada. Gregário de luxo na equipe, o ciclista de Eritreia vem de um país com grande tradição no ciclismo, assim como a Colômbia e a Bélgica. Em Rwanda o ciclismo é o esporte número um do país!

O Tour de Rwanda ainda está em andamento e a Astana só conseguiu mandar uma equipe pequena com quatro atletas. Mas tudo indica que Kudus, em grande fase, deve vencer essa importante competição.

Resultado de imagem para Merhawi Kudus (Astana)