Tour de France: o mais importante das duas primeiras semanas

Saiba como!

Etapa 1

Tombo de Alberto Contador.

Contador vive drama logo no primeiro dia

Um dos favoritos para a vitória geral do Tour caiu quando ainda faltavam 78 km para o final da etapa, o espanhol vinha em alta velocidade entre as primeiras posições no pelotão, quando houve uma curva em S, Contador derrapou sozinho e foi ao chão, se chocando com a sarjeta e rolando até a via em sentido contrário, foi um baita tombo!

Veja o tombo:


Etapa 2

Porte tem um furo no pneu à 4km pra chegada.

Contador cai novamente.

Contador e Porte perdem tempo e o azar continua

Richie Porte (BMC) furou a 4,6 km para o final da etapa e acabou perdendo 1 min 45 seg, se ele tivesse furado a 3km da meta, teria seu tempo neutralizado, foi um imenso azar do australiano que mais uma vez vê suas chances de andar bem em um Grand Tour escaparem das suas mãos.

3 July 2016 103rd Tour de France Stage 02 : Saint-Lo - Cherbourg-en-Cotentin PORTE Richie (AUS) BMC Photo : Yuzuru SUNADA
3 Julho 2016. Stage 02: PORTE Richie (AUS) BMC
Photo : Yuzuru SUNADA

Alberto Contador (Tinkoff-SaxoBank) caiu novamente, a chuva e o asfalto molhado acabaram levando muitos ciclistas ao chão, o espanhol acabou se envolvendo e caiu sobre o mesmo ombro que machucou na etapa anterior. Contador terminou a etapa com dores e sofrendo muito.

Veja o vídeo:


Etapa 3

Vitória decidida no photo finish entre Cavendish e Greipel.

Cavendish vence pela segunda vez consecutiva [photo finish]

Por pouco Andre Greipel não venceu, a decisão foi no photo finish, com a análise acurada dos peritos da prova, mostrando que o nível dos velocistas está cada vez mais próximo, e  até mesmo detalhes minuciosos podem fazer a diferença. Vitória de Mark Cavendish.

Veja o vídeo do último quilômetro:


Etapa 4

 Vitória mais uma vez decidida no photo finish, mais apertada que a etapa anterior.

Kittel vence chegada apertada [photo finish]

Marcel Kittel (Etixx-QuickStep) venceu a quarta etapa, mas foi uma chegada MUITO apertada. Por pouco o alemão não assiste de camarote a vitória de Brian Cocquard (Direct Energie). Os dois brigaram até a linha de meta e apenas o photo finish pode afirmar quem havia ganhado.

Veja o vídeo da chegada:


Etapa 5

Contador não suporta aceleração no final da etapa e sobra.

Romain Bardet ataca no final Alberto Contador não suporta o ritmo

Alberto Contador sobrou no final da etapa, ele da mostras que não está recuperado do tombo, o grupo seguiu até a chegada onde Van Avermaet havia vencido 5 minutos antes, com Joaquim “Purito” Rodrigues vencendo a chegada do grupo e Contador perdendo preciosos segundos que dificilmente serão reconquistados.

e294c1f8-75a4-447c-ae4e-566599de77ec
Kreuziger observando Contador em dificuldades, no final da etapa.

Etapa 6

Vitória aperta de Mark Cavendish.

Cavendish vence sexta etapa [photo finish]

Mark Cavendish (Dimension Data) nunca havia vencido tantas etapas em uma primeira semana do Tour, agora são três vitórias em seis dias de prova, um feito considerável. O velocista britânico veio na roda de Marcel Kittel (Etixx-QuickStep) e acelerou forte rumo a vitória. Ele atinge a marca histórica de 29 vitórias na prova!

Veja o vídeo:


Etapa 7

Queda do pórtico de 1 km em cima de Adam Yates.

Pórtico de 1 km cai em cima de Adam Yates

Um fato inusitado aconteceu nesta etapa, o pórtico que marcava 1 km para o final da etapa acabou caindo pouco antes da passagem do grupo dos favoritos. O britânico Adam Yates (Orica-BikeExchange), que havia acabado de atacar o grupo e vinha sozinho na tentativa de ganhar algum tempo sobre os favoritos, foi surpreendido pela queda do pórtico que acabou derrubando-o. O ciclista terminou a etapa todo machucado sendo escoltado por Ruben Plaza na linha de meta. Posteriormente descobriu-se que o gerador foi desligado por um espectador.

Veja o vídeo do momento do acidente:


Etapa 8

Froome ataca na descida.

Froome ataca na descida para vencer a etapa

Contrariando a tudo e a todos, Froome atacou no final da última subida da etapa. Rapidamente abriu 10 segundos e foi aumentando..a vantagem chegou a ser de 25 segundos para o grupo perseguidor. No final alguns pilotos começaram a ajudar na perseguição o que fez a diferença diminuir. Froome venceu a etapa com 6 segundo de vantagem, porém somou-se ao tempo os 10 segundo de bonificação pela vitória. No total Froome abriu 16 segundo para seus concorrentes.


Etapa 9

Abandono de Alberto Contador

Alberto Contador não suporta as dores e abandona o Tour de France

A etapa rainha deste Tour começou com o abandono de Alberto Contador. O ciclista da equipe Tinkoff-Saxo Bank disse ter tido febre durante a noite e decidiu abandonar a prova, ele já havia sofrido 2 fortes quedas na competição e vinha sofrendo muito nas etapas, foi um autêntico guerreiro, como sempre foi. Antes de abandonar ele ainda atacou o pelotão no começo da etapa, mas foi o tiro de misericórdia, sem forças para seguir e com Valverde e Henao em sua roda, ele foi pego pelo pelotão e, após conversar com a equipe, decidiu abandonar.

Veja o vídeo do momento do abandono:


Etapa 10

Sagan faz segundo depois de sofrer múltiplos ataques.

Matthews bate Sagan

Matthews conseguiu se aproveitar da superioridade numérica da Orica-BikeExchange na fuga que continha, além dele, Daryl Impey e Luke Durbridge, e venceu. Durbiridge é um grande passista e colocou um ritmo forte nos quilômetros finais, neutralizando ataques, Impey, por sua vez, embalou Matthews que partiu forte e conseguiu bater o favorito Sagan, que teve trabalho para segurar o belo trabalho da equipe Orica.

Tour de France. Stage 10 REUTERS/Jean-Paul Pelissier
Tour de France. Stage 10. 
REUTERS/Jean-Paul Pelissier

Etapa 11

Froome salta na fuga e faz segundo em vitória de Sagan.

Sagan ataca com Bodnar, Froome e Thomas saltam na fuga

Peter Sagan (Tinkoff) mostrou mais uma vez que não é apenas um excelente ciclista, muito bem preparado, ele também sabe enxergar as oportunidades que aparecem para atacar, o mesmo vale para Chris Froome (Sky) que ao se juntar com o campeão mundial, colocou ainda mais tempo em seus rivais.

O sucesso de ambos aconteceu, também, pelo excelente trabalho de Maciej Bodnar e Geraint Thomas que, juntamente com seus líderes, fizeram a fuga andar como poucas vezes aconteceu.

Veja o vídeo:


Etapa 12

[Histórico] Froome correndo no alto do Mont Ventoux.

A corrida “bizarra” de Chris Froome

A quantidade de pessoas no Mont Ventoux era enorme, era difícil para os ciclistas e, mais ainda, para a organização, uma verdadeida “zorra”. Quando, então, a moto da organização perdeu o controle, freou repentinamente e Richie Porte que vinha fazendo muita força não conseguiu parar a tempo, trombando na moto. Molema e Froome que vinham logo atrás, também foram pro chão. Molema foi o único que conseguiu continuar sem problemas mecânicos, Porte teve que parar para recolocar a corrente que havia caído e Froome teve teve a bike quebrada, precisando de outra para terminar a etapa. O grupo perseguidor, que vinha logo atrás, passou o líder e este entrou em desespero. Froome, de camisa amarela, começou a correr sem a bike, na esperança de não perder tanto tempo. Em determinado momento ele pegou uma bike do carro de suporte da Mavic, mas com tamanho bem menor, não conseguiu prosseguir, parou novamente e então pegou uma bike reserva de sua equipe e conseguiu chegar à linha de meta. Obs. O carro da equipe também estava trancado devido a quantidade de pessoas na montanha.

Etapa 12: Montpellier - Mont Ventoux.
Etapa 12: Montpellier – Mont Ventoux. Maillot Jaune, Christopher Froome (Team SKY), correndo a cerca de 700 metros da chegada. Foto: Iri Greco / BrakeThrough Media | www.brakethroughmedia.com

Etapa 13

Tombo espetacular de Alaphilippe.

Julian Alaphilippe sofre queda espetacular

Julian Alaphilippe caiu feio, mas se levantou, terminou a prova e largou no dia seguinte, deixando claro que foi apenas um susto.

alaphilippe


Etapa 14

Quarta vitória de Cavendish, com polêmica envolvendo Kittel.

Cavendish vence a quarta em sprint marcado pela disputa com Marcel Kittel

A chegada foi embalada pela Etixx-QuickStep que posicionou bem Kittel, Lars Bak tentou deslocar o trem de Kittel ao acelerar forte no último quilômetro embalando Greipel, mas não foi suficiente. Kittel abriu o sprint com Cavendish em sua roda, este partiu para o sprint e, após ultrapassar, fechou Kittel, que não pode fazer nada a não ser parar de pedalar para não cair.

Veja o vídeo:


Etapa 15

Colombia vence com Pantano.

Pantano mostra a força do ciclismo colombiano

O Tour de France já não é mais o mesmo, em 15 etapas já decorridas, não houveram vitórias de franceses, italianos ou espanhóis. Isso nunca aconteceu no Tour, o que é uma prova da globalização do esporte. Hoje foi o dia da Colômbia mostrar sua força, Jarlinson Pantano (IAM Cycling), ciclista de 27 anos e em seu primeiro ano no nível mais alto do ciclismo mundial, venceu.

Tour de France 2016 - 17/07/2016 - Etape 15 - Bourg-en-Bresse/ Culoz (160 km) - Jarlinson PANTANO (IAM CYCLING) s'impose a Culoz
Tour de France: Jarlinson Pantano (IAM CYCLING)

Etapa 16

Sagan vence a terceira na terceira etapa decidida no photo-finish.

Sagan vence a terceira

Kristoff e Sagan vieram lado a lado, os dois brigaram até a linha de chegada e apenas o photo finish foi capaz de distinguir quem havia vencido. Sagan venceu e agora está isolado na classificação da camisa verde, ele deve vencer em Paris pela 5ª vez consecutiva.

Veja o vídeo do quilômetro final:


Veja também: Tudo sobre o Tour de France 2016.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta