Giro da Itália: Dumoulin voa baixo e Quintana sucumbe no crono

Saiba como!
Esta matéria tem o apoio deBicistore
Bicistore.

Após uma difícil etapa de montanha no domingo, hoje foi dia de nova reviravolta na classificação geral do Giro d´Itália. Tom Dumoulin (Team Sunweb) mostrou a todos por que é um dos melhores contra-relogistas do mundo e fez os 40km de prova parecerem um passeio, ele causou um enorme impacto em seus concorrentes mais diretos e pegou a liderança da competição, amanhã ele larga com a tão sonhada Maglia Rosa!

Dumoulin aproveitou sua enorme capacidade de lutar contra o cronômetro para fazer 47km/h de média e abrir enormes tempos em seus rivais, como Quintana (perdeu quase 3min!), Nibali (+2:07min), Jungels (+ 0:56min), Mollema (+ 2:17) e o campeão francês Thibaut Pinot (+2:42). Ano passado Dumoulin também pegou a camisa de líder no contra-relógio, mas alguns dias depois abandonou devido a um problema com assaduras, esse ano ele disse que não esqueceu seu creme em casa e isso não será mais problema 🙂

Veja também: Lista de favoritos para o Giro d’Itália
Veja também: Lista oficial dos inscritos na centésima edição da prova

Acompanhe tudo o que acontece no Giro d’Itália aqui.

Geraint Thomas (Sky) surgiu das cinzas para conquistar o segundo lugar na etapa (TDWSport).

O líder Nairo Quintana (Movistar) foi um dos maiores prejudicados da etapa e tomou nada mais, nada menos, do que 2:53min, ou seja, ele terá de trabalhar muito para recuperar a camisa e sua equipe Movistar tem todas as condições de fazer isso. “Já era esperado que Nairo perderia tempo hoje, Dumoulin é um grande especialistas nessa prova e está em grande fase, mas ainda temos muitas montanhas pela frente e Nairo pode recuperar a camisa de líder”, disse o técnico da Movistar.

Quintana (Movistar) a bordo de sua belíssima Canyon a quase 3min de Dumoulin! (TDWSport)

Quem fez bonito nesse crono foi Geraint Thomas, que ficou em segundo e recuperou um pouco a moral da Sky após o “abalo sísmico” de domingo, no qual uma moto derrubou quase a  equipe inteira e tirou os dois líderes da classificação geral. A Sky não foi apenas festa hoje, pois Vasili Kyrienka que fazia o melhor tempo acabou caindo e mesmo assim chegou em quinto, ele poderia ter chegado mais perto de Dumoulin e por que não ter vencido, mas a queda custou caro mais uma vez para o ex-campeão mundial de crono que também caiu com Thomas, a maré de azar da Sky continua.

Team Sky em seu aquecimento (Divulgação).

Vincenzo Nibali (Bahrain-Merida) saiu desse crono como um vitorioso, o único GC em sua frente foi Dumoulin, Nibali terminou em sexto e colocou tempo em todo mundo importante, nem mesmo ele esperava uma belíssima atuação assim. “Estou bastante satisfeito com meu crono, ainda temos muita competição, principalmente na terceira semana e amanhá há uma etapa complicada, espero continuar melhorando!”, disse o atual campeão da prova que tem um forte time para ajudá-lo na competição.

Équipe Cycliste FDJ em seu aquecimento (Divulgação).

Amanhã teremos mais uma etapa de montanha, mas sem chegada ao alto, o que deve propiciar o aparecimento de fugas e ser uma etapa bastante dinâmica. Não perca! 🙂

 Melhores momentos

Resultados

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta