Tour de France: Matthews vence novamente e encosta na camisa verde

Getty Images
Saiba como!

A etapa era plana, mas a largada era em uma subida dura o suficiente para transformar a prova, com o alemão Marcel Kittel sobrando logo nos primeiros quilômetros enquanto o pelotão era embalado furiosamente pelas equipes Katusha, Dimension Data, Lotto-Soudal e Sunweb. Isso beneficiou Michael Matthews (Sunweb), que tem se mostrado o ciclista mais completo desse Tour de France, que venceu a sua segunda etapa na competição e encostou em Kittel na briga pela camisa verde.

Ao final da etapa, o vento soprava forte, quebrando o pelotão em pedaços e assim fazendo mais vítimas, mas agora foram os ciclistas da “geral”, Alberto Contador (Trek-Segafredo), Daniel Martin (QuickStep) e Louis Mentjens (UAE) que levaram tempo e se complicaram. Agora, Simon Yates (Orica-Scott) subiu para a sexta colocação geral e promete brigar pelo top5 neste Tour. A liderança da prova continua com Chris Froome (Sky), que teve um auxílio inconstestável nessa etapa complicada,  na qual a ocorrência de ventos prejudica muito os ciclistas que precisam estar inteiros para as duas próximas etapas de montanha, algo que Daniel Martin e a sua QuickStep terão de pagar muito caro nos próximos dias.

Veja também: Bardet e Ag2r prometem colocar mais pressão em Chris Froome

Confira: Tour de France: Mollema vence solo e Froome tem etapa difícil

Cannondale-Drapac tem trabalhado muito por Rigoberto Uran, todos por um! Na foto o americano Andrew Talansky levando forte para o colombiano em sua roda (Getty).

A briga pela camisa verde ainda promete nas próximas etapas, mesmo sendo em montanha, Matthews já mostrou que pode andar nas fugas e bater sprints intermediários, fazendo exatamente o que Sagan fez em seus 5 títulos consecutivos da camisa verde. Já Kittel, só fica brigando pelos sprints finais, o que pode deixá-lo em uma posição complicada nas próximas etapas. Todavia, a etapa final em Paris é totalmente plana, o que deve privilegiar muito Kittel, que é um velocista puro e ainda tem essa vantagem de poder colocar muitos pontos em Matthews na etapa final.

Confira também: Spilak renova até 2019 com a Katusha-Alpecin

No começo da etapa chegaram as notícias de alguns abandonos importantes, o primeiro foi de Philippe Gilbert que teve problemas gastrointestinais, comuns acontecerem após o dia de descanso quando os ciclistas resolvem comer alimentos questionáveis como lanches e churrasco (sim, no dia de descanso os caras esquecem que estão no Tour! 🙂 ). Mais tarde, o líder da LottoNL-Jumbo, George Bennet (campeão do Tour da California), que vinha fazendo um grande Tour, abandonou também. Segue a caravana!

Acompanhe tudo o que acontece no TdF 2017 aqui.

Veja o resumo da etapa:


O momento do caos:

Resultados