Vuelta a España: vitória monumental de Contador no duríssimo Angliru

Clique para contribuir!

Foram milhares de quilômetros de batalha nesta Vuelta e o espanhol Alberto Contador (Trek-Segafredo) mostrou por que tem seu nome escrito entre os grandes do ciclismo mundial, atacou muito, mostrou sua cara para os fãs e para o mundo, mas a vitória tão sonhada nesta Vuelta não chegava. Hoje, a história foi diferente, Contador atacou como os ciclistas épicos dos anos 80-90, pegou a ponta e não quis nem saber quem estava na roda! Seus companheiros de fuga foram ficando para trás, um a um, tamanha a força que Contador imprimia e com um ritmo insuportável!

Acompanhe tudo o que acontece na Vuelta a Espanha 2017 aqui.

No pelotão, Sky continuava sua saga, escoltando Froome até onde fosse preciso para manter a camisa, com todos os GCs sofrendo junto, e a briga pelo pódio ainda em aberto entre Nibali, Zakarin e Kelderman. Contador em alguns momentos mostrava que iria entrar no pódio, o que fez com que Zakarin atacasse, para manter suas chances vivas, tendo Kelderman atento na sua perseguição, enquanto Nibali sofria para acompanhar o ritmo imposto por Poels, o gregário mágico de Froome.

Veja também: Vuelta a España: De Gendt deixa sua marca e Contador vai ao ataque novamente!

GP Quebec 2017: Peter Sagan domina e vence a sua centésima prova na carreira

Ao cruzar a linha de meta, finalmente Froome pode respirar aliviado, amanhã tem champanhe! (TDWSport)

Mais tarde, Froome e Poels imprimiram seu ritmo, em busca de Alberto Contador, que estava 1 minuto à frente, Zakarin vinha forte atrás e Kelderman perdia terreno para Zakarin. Mais tarde, no carro da Sunweb, Kelderman chorava por ter perdido para Zakarin o pódio da Vuelta 2017. Zakarin, um russo, era segurado pelos torcedores e muitos não gostam, realmente, de russos, algo que infelizmente ainda existe num esporte que tem contato tão direto com o público. Com isso, Zakarin fez o certo, entrando na ponta do grupo para que ficasse mais perto da moto e em segurança. O resultado de Zakaarin vem como um alívio para o ciclismo russo, tão marcado por escândalos e apenas Denis Menchov (antiga equipe Rabobank) havia feito melhor.

Veja também: Bernal vence Tour de L´Avenir e Sky confirma sua contratação

Vuelta a España: Alaphilippe mostra sua força na montanha

Assim começou a duríssima jornada que terminou no Angliru! (TDWSport)

Todavia, convenhamos, Kelderman foi um cara que nem mesmo figurava entre os favoritos para pódio nesta vuelta, os tombos e problemas mecânicos na primeira semana tiveram um impacto enorme nesta classificação final, com tantos ciclistas fortes e com tempos muito próximos. Além disso, temos de reconhecer os excelentes cronos feitos por Nibali e Zakarin, o que fez a geral ficar ainda mais acirrada entre esses atletas que disputavam seu lugar no pódio.

Veja também: Vuelta a España: Froome destrói no crono e geral se modifica

Vuelta a España: Miguel “Superman” López, ataca novamente e leva mais uma

Michal Woods batalhou muito por mais uma etapa para terminar em 7º na geral desta Vuelta, um grande resultado para a equipe Cannondale (Divulgação).

Agora, Chris Froome (Sky) escreve, mais uma vez, seu nome na história. Vencendo o tão sonhado double em um ano, algo que pouquíssimos ciclistas conseguiram até hoje, entre eles Alberto Contador. Ainda assim, o trabalho feito pela Sky é aquele que se espera de uma equipe que quer vencer um GT, sempre há alguém ao lado de Froome, em todos os momentos críticos havia alguém ali ajudando Froome, seja Moscon, Poels, Nieve, etc. Temos de reconhecer a superioridade em qualidade e numérica da equipe, algo que ajudou Froome a conquistar mais um importante título na carreira.

Acompanhe tudo o que acontece na Vuelta a Espanha 2017 aqui.

Muitos ciclistas largaram com para-lamas para enfrentar a chuva, como fez o pessoal da equipe Caja Rural (Divulgação).

Amanhã teremos a derradeira etapa em Madri, momento para estouros de champanhe e comemorações, com um circuito montado na cidade e a briga pode vir para o sprint. Para chegar lá, os ciclistas terão mais uma transferência, que já aconteceu em vários meios de transporte nessa Vuelta, algo que poucos colocam na conta do cansaço dos atletas. Nos vemos amanhã! 😉

Veja mais vídeos da etapa:

20 quilômetros finais:

Último quilômetro:

 

Resultados

Comentários