Tirreno-Adriático: O que esperar dessa edição ?

Roglic, Thomas, Nibali, Alaphilippe e Dumoulin. Será que eles brigarão por esse tridente até o fim ?
Saiba como!

Tirreno-Adriático, é uma tradicional volta de 1 semana que acontece na Itália, no mês de Março. Ela leva esse nome exatamente por cruzar de um mar a outro. A prova é disputada desde 1966 e já foram disputadas 57 edições.

O vencedor leva um Tridente como troféu, símbolo de Netuno (ou Poseidon), o Deus dos Mares. Quem mais vezes levou essa prova foi o belga Roger de Vlaeminck, com 6 títulos. Após ele temos 6 corredores que já conquistaram 2 vezes. Desses 6, apenas 2 seguem em atividade: Nairo Quintana e Vincenzo Nibali, este segundo, está presente na edição desse ano.

Vincenzo Nibali com seu Tridente de campeão. Pode ser o único tri-campeão da prova, e o segundo maior vencedor dela!

A prova terá 7 etapas, sendo 1 Contra-Relógio por Equipes, 1 Contra-Relógio Individual, 3 etapas acidentadas e 2 planas. A maior surpresa foi a falta de etapas com cadeias de montanhas de Categoria 1 ou Especial. Isso provavelmente se deve ao fato de que nesta época do ano o cume das montanhas mais altas ainda possuem muita neve. Inclusive na edição de 2016, a etapa que teria alta montanha teve de ser modificada, o que permitiu que Greg Van Avermaet se consagrasse o campeão geral da prova.

Roglic, Thomas, Nibali, Alaphilippe e Dumoulin. Será que eles brigarão por esse tridente até o fim ?

Nós contamos como foi a edição de 2018 e 2017, que vocês podem ver clicando Aqui e Aqui

Mapa mostrando todas as etapas, cruzando o interior da Itália. Saindo do Mar Tirreno e tendo a sua última etapa no Mar Adriático

ETAPA 1
A primeira etapa é um contra-relógio por equipes, com um total de 21.5km, na praia de Lido di Camaiore, na costa do Mar Tirreno, e completamente plano. Um fator de complicação é que as previsões são de chuva para pouco antes do início da prova.

Planimetria da etapa 1: Contra-Relógio Por Equipes

Favoritos do Dia: Jumbo Visma, Team Sky, Team Sunweb, Deceuninck-Quickstep e Scott-Mitchelton

No nosso instagram, você pode conferir o horário de largada de cada uma das equipes: @Digital_Cycling

ETAPA 2
A segunda etapa vai de Camaiore até Pomerance, num percurso de 195km. E conta com um final complicado, um pequeno repecho de 4km com cerca de 5% de inclinação média, mas chegando a máxima de 16%, os atletas que brigam pela classificação geral já irão se testar

Etapa 2: Classicistas tem mais vantagem. E ai, quem leva ?

Favoritos do Dia: Matej Mohoric, Julian Alaphilippe, Primoz Roglic e Tim Wellens

ETAPA 3
A etapa possui 226km indo da cidade de Pomarance e chegando em Foligno. O percurso é predominantemente plano e é a grande chance dos sprinters mostrarem seu serviço

A chance dos Sprinters mostrarem suas cartas!

Favoritos do Dia: Peter Sagan, Elia Viviani, Nacer Bouhanni, Sacha Modolo e Fernando Gaviria

ETAPA 4
Mais uma etapa que costumam chamar de ‘rompepiernas’ com subidas curtas e íngremes, que os classicistas especialistas em Ardenas adoram. A etapa conta com 221km de percurso saindo de Foligno e indo até Fossombrone. O último morrinho acaba a cerca de 6km da meta, dai pra frente é só descida! A última subida tem 3,5km com 10,6% de média, com máxima pendência de 19%

Etapa 4: Tem tudo pra ter um final eletrizante e ser uma etapa épica!

Favoritos do Dia: Matej Mohoric, Vincenzo Nibali, Julian Alaphilippe, Thibaut Pinot e Jakob Fuglsang

ETAPA 5
É a etapa mais curta de todas, com 180km. Mas isso não é sinônimo de facilidade, é a etapa acidentada que faltava! Vai de Colli al Metauro até Rencanati. E os últimos 80km irá causar estragos no pelotão e é a última chance dos corredores que tem um desempenho mais fraco no contra-relógio de conseguir por tempo nos demais.

Mais uma chance dos Contenders se atacarem!

Favoritos do Dia: Primoz Roglic, Vincenzo Nibali, Tim Wellens, Julian Alaphilippe e Adam Yates

ETAPA 6
O último descanso antes da batalha final no Contra-Relógio Individual. Serão 195km de Matelica a Jesi. Percurso que também favorece uma chegada em grupo, para os sprinters.

A segunda e última chance dos sprinters buscarem uma vitória!

Favoritos do Dia: Peter Sagan, Elia Viviani, Nacer Bouhanni, Sacha Modolo e Fernando Gaviria

ETAPA 7
Contra-Relógio curto, mas que pode se decisivo entre os corredores que brigam pela Geral, pois como não há montanhas longas, acredita-se que os Gaps de tempo também sejam pequenos. O percurso será de 10km, assim como o primeiro contra-relógio, 100% plano.

A Batalha Final dos Mares: Um Contra-Relógio Individual de 10km! Curto, porém decisivo!

Favoritos do Dia: Tom Dumoulin, Victor Campenaerts, Rohan Dennis, Stefan Kung, Tony Martin e Primoz Roglic.

 

TRANSMISSÃO

Watch ESPN: a Partir das 09:50
Se encontrarmos outras opções, tentaremos divulgar.

Abraços e Boa Prova a Todos!

Sobre Estagiário 45 Artigos
Menos conhecido por Giovanni Santana, é graduando em Engenharia de Aquicultura (UFPR). Ciclista de fim de semana, entusiasta e corneta em tempo integral.