O dia em que Pablo Escobar quis ganhar um Tour de France

Saiba como!

É isso mesmo que você leu. O maior narcotraficante da história e seu irmão, eram apaixonados por ciclismo e por um tempo sonharam até em ter uma equipe de ciclismo a nível internacional e que pudesse um dia, ganhar a prova mais famosa de todas!

Tudo começou quando Pablo ainda era um garotinho, com cerca de 8 anos, quando estava no alto de Minas en Caldas. E viu um colombiano, Ramon Hoyos, vencer ninguém menos que Fausto Coppi, um dos melhores ciclistas de todos os tempos. Pablo logo se encantou com o esporte.

Quando a família se mudou para Medellín, a bicicleta virou parte da rotina de Pablo e seu irmão Roberto. Nas brincadeiras, faziam a “Volta da Colombia”, e assim como todo o povo, sonhavam com uma equipe Colombiana disputando o Tour de France. Vimos AQUI, que a paixão deles pelo ciclismo vem de longe.

Por volta de 1965, Pablo seguia o caminho do crime, e seu irmão começava a competir em provas de ciclismo. Ganhando cerca de 37 provas em 5 anos e chegando até a conquistar um bronze num campeonato nacional. Chegou a ser considerado o terceiro melhor ciclista antioqueño, perdendo pra Cochise Rodriguez e Ñato Suarez. Roberto, ganhou o apelido de Osito (Ursinho), pois durante a primeira corrida que venceu, cruzou a meta todo enlameado, o narrador sem saber seu número disse “E vence o corredor que não sabemos o nome, mas parece um Ursinho”.

Porém, derrotado fisicamente, encontrou um emprego numa loja de eletrodomésticos, mas continuou treinando algumas equipe da região de Antioquia. Em 1975, Roberto, com a ajuda de seu irmão Pablo, abre uma loja de bicicletas, utilizando sua alcunha de Osito, acrescentando um T a mais, para dar um ar mais italiano.

Fachada principal da loja de Roberto “Ositto” Escobar

Pablo, viu na loja uma forma de lavar uma certa quantidade de dinheiro. E vislumbrando o apoio do irmão, Roberto resolveu criar e patrocinar uma equipe capaz de competir com os grandes europeus e um dia, chegar ao Tour de France. Sob a alcunha de “Pablo Escobar Renovacion Liberal” Pablo chegou até a patrocinar uma equipe.

Roberto também queria se tornar presidente da Federação Colombiana e para isso os irmãos Escobar e o Cartel de Medellin acabaram tentando assassinar o então presidente Bermudez, com um atentado, tentando explodir o carro. Mas foram ineficazes, e Bermudez escapou.

Dessa forma, acabava o sonhos dos Escobar de participar um dia do Tour de France, pois foram obrigados a sair da cena do ciclismo.

Mas vocês sabem (se viram Narcos hehehehe), que Pablo Escobar não reagia como uma pessoa normal a seus fracasso e resolvia tudo com dinheiro. Pablo foi lá e construiu um velódromo particular, para que diversos corredores ficassem pedalando, apenas para o deleite dele e do irmão Osito.

O velódromo particular que Pablo Escobar construiu, para se entreter!

Ao que tudo indica, o velódromo já não existe mais. Pois não foram encontrados registros ou fotos atuais.

Pablo ainda esteve envolvido em algumas outras histórias com o ciclismo colombiano, caso queiram saber deixem seu comentário pra gente no Facebook ou no Twitter, pois isso é assunto pra um próximo post!

Sobre Estagiário 43 Artigos
Menos conhecido por Giovanni Santana, é graduando em Engenharia de Aquicultura (UFPR). Ciclista de fim de semana, entusiasta e corneta em tempo integral.