Homenagem: Mortirolo agora é Subida Scarponi no Giro

Saiba como!

Mais uma bela homenagem foi prestada pela organização do Giro d´Itália e a mítica montanha Mortirolo, palco de inúmeras batalhas na grande volta italiana, agora será chamada de Subida Scarponi. A subida acontecerá na 16a etapa, que abre a terceira e mais dura semana do Giro, foi ali que Scarponi venceu sua última etapa do Giro em 2010, batendo Ivan Basso e Vincenzo Nibali na chegada.

Morre o ciclista italiano Michele Scarponi

Veja também: Lista de favoritos para o Giro d´Itália cresce e disputa será acirradíssima

Confira: Giro d’Itália 2017: acompanhamento e análise das etapas

Scarponi e Basso no Mortirolo em 2010. Scarpa venceu a etapa, Basso o Giro (TDWSport).

A 16a etapa está sendo considerada a etapa “rainha”, ou seja, a mais dura de todo o Giro, e não é por menos, são 3 montanhas de altíssimo grau de dificuldade: Mortirolo, Stelvio e Giogo de Santa Maria, o que deve transformar a etapa numa verdadeira batalha, e o nome de Scarponi estará lá para ser lembrado. Além disso, inúmeras homenagens serão prestadas para o grande campeão Scarponi, que foi coroado vencedor do Giro em 2011, após Contador perder o título por doping. A organização abrirá a competição nesta sexta-feira na ilha da Sardenha com 1 minuto de silêncio e com a equipe Astana em foco, largando na frente. Na chegada em Milão Scarponi também será lembrado.

o Mortirolo é a primeira montanha na etapa 16, ali várias batalhas já foram travadas.

É muito legal ver que grandes ciclistas são lembrados não só por seus feitos, mas também por serem grandes homens na bike e fora dela, as belas homenagens ajudam a engrandecer este ciclista que ficará na lembrança de todos. A equipe Astana estará largando com 8 atletas, ao invés de 9 como todas as outras equipes, foi uma maneira de dizer que Scarpomi era insubstituível.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta