Tour de France: Daniel Martin vence com ataque brutal!

Saiba como!

Com um ataque monstruoso a 1200 metros da linha de chegada, o irlandês Daniel Martin (UAE) venceu a duríssima etapa com final no Mur de Bretagne. Na segunda posição ficou o francês Pierre Latour (Ag2r) e em terceiro o incansável Alejandro Valverde (Movistar).

A BMC Team Machine do líder do Tour de France, Greg Van Avermaet

Tour de France: segunda vitória do fenômeno Fernando Gaviria

Tour de France: Sagan vence a segunda etapa e é o camisa amarela

Dan Martin on the stage 6 podium at the Tour de France
Dan Martin mal conseguia esconder a felicidade e o orgulho de vencer no Mur de Bretagne. Talvez essa foi a vitória mais emblemática de sua carreira, a frente de um pelotão fortíssimo neste Tour de France!

A etapa foi marcada pelo forte calor e pelo vento, que atrapalhou a vida dos ciclistas durante os 180km de jornada entre Brest e o famoso Mur de Bretagne, no norte da França. Na metade da etapa, a equipe QuickStep-Floors acelerou forte, partindo o pelotão em pedaços e deixando Quintana, Landa, Roglic e Fuglsang no pelotão de trás. A equipe LottoNL-Jumbo teve bastante trabalho para trazer Roglic de volta, que além de tudo, ainda sofreu uma queda e teve de trocar de bike, aumentando a tensão na equipe holandesa que foi uma das piores no crono por equipes e precisa batalhar muito para subir na classificação geral com o esloveno.

Greg Van Avermaet in yellow during stage 6 at the Tour de France
Greg Van Avermaet continua de amarelo, mas teve que batalhar muito para não perder a camisa hoje, um final insano!

As equipes tiveram muito trabalho para reconectar e o final foi bastante nervoso, passando por estradas estreitas e sinuosas. A fuga do dia era composta por Damien Gaudin (Direct Energie), Fabien Grellier (Direct Energie), Anthony Turgis (Cofidis), Dion Smith (Wanty-Groupe Gobert) e Laurent Pichon (Fortuneo-Samsic)

Histórico: Avancini é pódio na Copa do Mundo de MTB XCO

Tour de France: Gaviria faz história em abertura tumultuada

Richie Porte swarmed by the media
Richie Porte foi cercado pela mídia antes da etapa. O australiano está com tudo.

A ascensão do  Mur de Bretagne foi feita duas vezes, sendo que na primeira ascensão a fuga do dia foi neutralizada, mas o australiano Jack Bauer (Mitchelton-Scott) saiu em fuga solitária. Com 12km para o final havia um sprint intermediário que premiava com 3-2-1 segundos, com Bauer ficando em primeiro e Geraint Thomas conseguindo o segundo lugar e agora está mais perto da camisa amarela em segundo lugar!

Scenery along the route of stage 6 at the tour de France
Os franceses e os turistas se unem para acompanhar o Tour e não perdem um instante da competição ciclística mais importante do mundo!

O pelotão encabeçado pelas equipes Bora, Sky e Movistar acelerou forte na última dezena de quilômetros e anulou a fuga de Bauer, levando a decisão para o Mur de Bretagne. Daniel Martin atacou forte quando o vento soprava frontalmente, fazendo com que poucos se aventurassem a persegui-lo, fazendo um esforço realmente espetacular.

Veja o último km:

O francês Pierre Latour andou muito, mas não foi capaz de alcançar Martin que venceu pela segunda vez no Tour, sendo a primeira em 2013. Em 2015, quando o Tour passou pelo Mur de Bretagne, Martin foi segundo, atrás de Alexis Vuillermoz que atacou de forma parecida com a que o irlândes fez hoje, uma façanha para poucos!

Acompanhe tudo o que acontece no Tour de France aqui.

Resultados oficiais:

Comentários