Quintana termina em segundo a Vuelta a Asturias

Esta matéria tem o apoio deBicistore
Bicistore.

Está finalizada a preparação de Nairo Quintana para tentar o inédito título duplo Giro-Tour para um atleta sul-americano. O colombiano de 27 anos de idade fez um começo de temporada impecável, vencendo a Vuelta a La Comunitat Valenciana na Espanha em fevereiro e a Tirreno-Adriatico em Março, ambas de forma convincente, deixando todos para trás na etapa de montanha, sua principal característica.

A neve se fez presente na premiação da Vuelta a Asturias, assim como deverá dificultar a vida dos ciclistas no Giro d´Itália (Divulgação)

Nesta sexta-feira (5 de maio) o Giro d´Itália começa com uma etapa plana de 206km na cidade de Alghero, na charmosa ilha mediterrânea da Sardenha, e Quintana terá uma Movistar forte e preparada para auxiliá-lo neste desafio duplo de vencer Giro e Tour. Tudo indica que Quintana está com melhor preparo físico que Chris Froome (Sky), que neste temporada ainda não venceu e mostrou diversos pontos fracos que tem de ser resolvidos em menos de 2 meses para vencer o Tour. Com isso, podemos dizer que a Movistar tem os ciclistas mais fortes do pelotão no momento: Nairo Quintanae Alejandro Valverde, que têm tido uma temporada extraordinária.

Vuelta a Asturias: Quintana vence etapa rainha, Alarcon é a revelação da W52-FCP

Após vencer a Tirreno-Adriatico em Março, Quintana se refugiou nas montanhas da Colômbia a quase 2600m de altitude e lá ficou por 40 dias treinando e se preparando para o Giro, a Vuelta a Asturias era a “cereja do bolo” na programação e tudo indicava que Nairo venceria, mas foi o jovem espanhol Raul Alarcon da fortíssima equipe portuguesa W52-FCP (do time de futebol Porto) que venceu a geral. Alarcon foi o único capaz de ficar na roda de Nairo na etapa de montanha que ainda teve neve para tornar a disputa ainda mais difícil.

Raúl Alarcon W52-FCP  venceu a última etapa da Vuelta a Asturias escapado e selou a vitória final (Divulgação).

Segundo Quintana “fico feliz com a forma que adquiri até o momento, acredito ser a ideal para começar o Giro sem tanto cansaço, pois competi pouco e isso é melhor”, afirmando ao final da etapa que a estratégia da equipe era mesmo ter sobrecarregado o mínimo possível Nairo, para que ele ainda tenha gás lá na frente, no Tour de France. O Giro estará comemorando a centésima edição e muitos ciclistas de alto calibre estarão participando da prova.

Quintana e a Movistar terão de suportar a pressão e os ataques de Tom Dumolin (Sunweb), Bauke Mollema (Trek-Segafredo), Thibaut Pinot (FDJ), Vincenzo Nibali (atual campeão da Bahrain-Merida), TVG e Rohan Dennis (BMC) e muitos outros. Não perca nossa cobertura diária! 🙂

Resultados da Vuelta a Asturias

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*