A melhor história da Cape Epic 2019

Saiba como!

Muitas são as histórias que acontecem entre os aproximadamente 1300 participantes da Cape Epic durante os 7 dias de competição. 

Metade desses participantes eram sulafricanos, 30 eram brasileiros e a média de idade dos homens foi de 34 e das mulheres 32.

Agora, uma das histórias mais empolgantes dessa edição da prova, foi a do atleta mais velho a completa-la.

Gustav Joyce tem 70 anos e correu de dupla com seu filho, Ritief, pela primeira vez. Depois de 6 exaustivas etapas eles estavam no início da última etapa quando, faltando 56 quilômetros para terminar e finalmente ganhar a tão sonhada medalha de Finisher, ele caiu e quebrou alguns dedos!

Preocupação, mas constatação: eles continuariam. “Nós somos guerreiros”, disse Gustav depois de perceber que conseguiria pedalar.

Dependendo da ajuda de seu filho que o empurrou e puxou durante toda a etapa eles conseguiram.

Ao final as boas vindas da família e principalmente dos campeões, Schurter e Forster, que estavam ali a espera para homenageá-los!