Giro d’Itália: Bilbao vence a primeira da Astana!

Saiba como!

Essa foi a etapa mais dura do Giro d’Itália até momento. Depois de 7 dias de competição, os ciclistas cobriram uma dura etapa de 185km com incríveis 45,040 km/h! A vitória ficou com o espanhol Pello Bilbao (Astana), que estranhamente fez parte da fuga do dia.

Digo estranhamente pois a função de Bilbao neste Giro é ajudar Miguel Lopez na geral, mas pelo jeito a liderança da Astana possa estar dividida agora entre os dois, haja vista que Bilbao foi sexto ano passado e o tempo ganho hoje por ele pode ajudar a fortalecer o poder de fogo da equipe nas montanhas que estão para começar.

Veja também:

Copa do Mundo de MTB: Van der Poel vence Short Track

Giro d’Itália: Masnada brilha na fuga e tombo derruba vários favoritos

Doping: investigação Aderlass e exames implicam vários ciclistas

the new pink jersey
Valerio Conti (UAE Team Emirates) com sua Maglia Rosa de líder do Giro (Bettini).

A etapa começou com muitos ataques e um ritmo muito forte. Elia Viviani (Deceuninck-QuickStep), Conor Dunne (Israel Cycling Academy), Rafał Majka (Bora-Hansgrohe) e Victor Campenaerts (Lotto Soudal) estavam entre os ciclistas que atacaram no começo do dia.

The large break that got away on stage 7
A grande fuga do dia, cortando as praias da região de Abruzzo (Bettini).

Depois de 80km percorridos na etapa, a média estava em 50km/h. Uma fuga finalmente foi formada com os seguintes ciclistas que foram até o final disputar a etapa: Davide Formolo (Bora) Bilbao (Astana), Rojas (Movistar), Cattaneo (Androni) Antonio Pedrero (Movistar), Andrey Zeits (Astana), Gallopin (AG2R La Mondiale), Jay McCarthy (Bora-Hansgrohe), Ruben Plaza (Israel Cycling Academy), Thomas De Gendt (Lotto Soudal), Lucas Hamilton (Mitchelton-Scott) e Sebastian Henao (Team Ineos).

The peloton on stage 7

Nem precisamos comentar do nível dos atletas dessa fuga, formada com grandes ciclistas. Muitos deles já venceram provas importantes esse ano no nível World Tour. A decisão ficou para o final quando Bilbao executou um ataque fortíssimo e bem executado, tendo tempo depois para comemorar a vitória!

The peloton pass through the countryside on stage 7

Entre as desistências importantes da etapa temos o velocista Fernando Gaviria (UAE) que venceu uma etapa nesse Giro, mas teve de abandonar hoje devido às fortes dores no joelho. Quem também abandonou foi o braço direiro de Primoz Roglic, o belga Laurens de Plus que sofreu uma queda e foi levado para o hospital. Roglic terá sérios problemas nas montanhas sem a presença de De Plus.

Tony Gallopin tries to get away

Amanhã teremos uma nova etapa complicada e a briga pela Maglia Rosa deverá ser pesada! Fique ligado em nossa cobertura nas redes sociais: Insta, Face ou Twitter 😉

Vídeos da etapa:


Resultados