Tour de France: Caleb Ewan voa para nova vitória em Nîmes

Saiba como!

Parecia um pássaro, ou um avião! A qualidade do sprint do pequeno Caleb Ewan (Lotto-Soudal) foi, mais uma vez, a responsável pela sua segunda vitória na maior competição do ciclismo mundial.

A segunda colocação ficou com o italiano Elia Viviani (Deceuninck-QuickStep) e em terceiro ficou o holandês Dylan Groenewegen (Team Jumbo-Visma).

Veja também:

Tour de France: Caleb Ewan consegue a sonhada vitória em Toulouse

Tour de France 2019: A batalha dos heróis das terras altas da Colômbia

Tour de France: Aert vence em dia de ventania!

Vídeos: O tombo de Geraint Thomas e o abandono de Fuglsang

The peloton racing stage 16 at the Tour de France
Lotto-Soudal, QuickStep e Ineos controlaram o pelotão nesta 16ª etapa do Tour de France (TDWSport).

Caleb Ewan conseguiu coroar o excelente trabalho de sua equipe nesta etapa. E por falar em Lotto-Soudal, a equipe ainda lidera na camisa de montanha com Tim Wellens, que possui apenas 14 pontos a frente da sensação Thibaut Pinot (Groupama-FDJ). Wellens e seu companheiro Thomas De Gendt prometem entrar na fuga nas próximas etapas para trazer pontos na camisa e levar o título de montanha para a bélgica, algo que não acontece há muito tempo.

Tour de France stage 16 breakaway: Lars Bak (Dimension Data), Paul Ourselin (Total Direct Energie), Lukasz Wisniowski (CCC), Alexis Gougeard (AG2R La Mondiale), Stephane Rossetto (Cofidis).
A fuga do dia: Lars Bak (Dimension Data), Paul Ourselin (Total Direct Energie), Lukasz Wisniowski (CCC), Alexis Gougeard (AG2R La Mondiale), e o polêmico Stephane Rossetto (Cofidis).

Abandonos do dia

A bruxa estava solta na etapa de hoje, o tombo de Geraint Thomas (Ineos), sozinho, em uma curva, nos fez pensar que as coisas estão calmas, até que algo possa acontecer. Foi dito e feito. O dinamarquês Jakob Fuglsang (Astana) caiu feio a 27km do final e foi levado ao hospital bastante abalado.

Jakob Fuglsang (Astana) leaves the Tour de France
Jakob Fuglsang (Astana) abandonando o Tour de France (Patrick Fletcher).

A notícia que nos chega até o momento é que os exames foram realizados em Fuglsang, e nenhuma fratura foi detectada. Seu colega de equipe Luis Leon Sanchez também abandonou devido a dores nas costas. A comissão técnica da Astana preferiu poupar o espanhol que recebeu a recomendação médica de fazer repouso para que as dores diminuíssem.

Pelotão segue para os Alpes

Amanhã os ciclistas enfrentam uma etapa complicada de montanha entre Pont Du Gard e Gap, com 200km. A ascensão final não é tão dura, mas pode mostrar quem já apresenta fraquezas nesta terceira semana. Os Alpes mostrarãm, afinal, até onde o monstro francês do cavanhaque está disposto a sofrer para manter essa Maillot Jaune!

Você pode continuar nos seguindo nas redes sociais para saber tudo o que está rolando: ;p

Digital Cycling no Instagram.

Digital Cycling no Facebook.

Digital Cycling no Twitter.

Vídeos

Resultados