Tour de France: Pinot e Alaphilippe brilharam no alto do Tourmalet

Saiba como!

O ciclismo francês está em festa! Hoje tivemos mais uma demonstração de talento dos “azuis”, que é como são chamados os atletas franceses, ou “les bleus”, em francês.

Julian Alaphilippe (Deceuninck-QuickStep) manteve a liderança chegando em um espetacular segundo lugar e Thibaut Pinot (Groupama-FDJ) venceu no alto no mítico Tourmalet!

A subida final foi um martírio, em uma etapa mais curta com 117km, que tem sido uma marca da organizadora ASO (Amaury Sports Association), que tem colocado etapas mais curtas e duras em suas voltas para testar a explosividade e o “panache” dos ciclistas. A coisa foi feia!

Veja também:

Tour de France: Caleb Ewan consegue a sonhada vitória em Toulouse

Nairo Quintana muda de equipe em 2020

Tour de France 2019: A batalha dos heróis das terras altas da Colômbia

Tour de France: Aert vence em dia de ventania!

Bernal, Alaphilippe and Thomas on the Tourmalet
Bernal, Alaphilippe e Thomas escalando o Tourmalet (Getty).

Algumas equipes terão muito trabalho pela frente após essa etapa, haja vista que muita coisa aconteceu hoje. A Movistar, por exemplo, fez um grande trabalho para Quintana, mas este sobrou na subida final e agora a liderança está com Landa. A Ag2r fez uma procissão com Romain Bardet até a linha de meta, a mais de 20 minutos após Pinot. Tudo indica que Bardet irá abandonar este Tour.

Movistar lead the peloton on the lower slopes of the Tourmalet
A Movistar fez um grande trabalho na etapa, mas Nairo Quintana sobrou quando mais precisaram dele.. Agora o líder da equipe é Mikel Landa (Getty).

Um grande trabalho foi feito também pelo Team Ineos, mas Geraint Thomas parece ter sentido os esforços do crono de ontem e sobrou no parte final, deixando a briga pela camisa amarela ainda mais aberta e um grande problema nas mãos do DS da Ineos.

Somewhere deep in the Pyrenees, masses of fans await the peloton
Público assistindo o ciclismo ao vivo e a cores! (TDW)

A questão que fica: a liderança dentro da Ineos vai para Bernal, que parece melhor na montanha, ou ainda teremos uma ressurreição de Thomas, que precisa tirar mais de 2 minutos de um Alaphilippe cada vez mais forte?

Vídeos

Resultados

Etapa:

1 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ 3:10:20
2 Julian Alaphilippe (Fra) Deceuninck-QuickStep 0:00:06
3 Steven Kruijswijk (Ned) Team Jumbo-Visma
4 Emanuel Buchmann (Ger) Bora-Hansgrohe 0:00:08
5 Egan Bernal (Col) Team Ineos
6 Mikel Landa (Spa) Movistar Team 0:00:14
7 Rigoberto Uran (Col) EF Education First 0:00:30
8 Geraint Thomas (GBr) Team Ineos 0:00:36
9 Warren Barguil (Fra) Arkéa Samsic 0:00:38
10 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team 0:00:53

Geral:

1 Julian Alaphilippe (Fra) Deceuninck-QuickStep 56:11:29
2 Geraint Thomas (GBr) Team Ineos 0:02:02
3 Steven Kruijswijk (Ned) Team Jumbo-Visma 0:02:14
4 Egan Bernal (Col) Team Ineos 0:03:00
5 Emanuel Buchmann (Ger) Bora-Hansgrohe 0:03:12
6 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ
7 Rigoberto Uran (Col) EF Education First 0:04:24
8 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team 0:05:22
9 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team 0:05:27
10 Enric Mas (Spa) Deceuninck-QuickStep 0:05:38